Quais os tipos de anticoncepcionais

Saiba no Mundo Mulheres quais são os anticoncepcionais existentes, como funcionam e como escolher o melhor método para você.

Métodos anticoncepcionais

O anticoncepcional já está presente na vida da mulher há mais de 50 anos, sendo que a cada ano veem mais modernos e com menos efeitos colaterais. Apesar de ser bastante usado o anticoncepcional seja ele injetável, pílula, adesivo entre outros ainda causam muitas dúvidas. Saiba quais são os tipos de anticoncepcionais existentes, benefícios e efeitos colaterais.

Pílula anticoncepcional como funciona

Sem dúvidas as pílulas anticoncepcionais revolucionaram o universo feminino, deixando muitas decidirem a hora de ter filhos, mas apesar dos seus grandes benefícios ainda é um assunto polêmico. A pílula anticoncepcional é um comprimido que utiliza a combinação de hormônios sintéticos como progesterona e estrogênio, que inibem a ovulação. Deve ser tomada todos os dias no mesmo horário, caso uma ou mais pílulas sejam esquecidas por mais de 12 horas a proteção contra a gravidez será reduzida, lembrando que quando administrada de forma correta sua eficácia chega a 99%.

A maior parte das pílulas anticoncepcionais disponíveis do mercado é de 21 comprimidos, ou seja, ela será tomada durante 21 dias e fazer uma pausa de 7 dias, e no 8° dia recomeçar uma outra cartela. Existem pílulas de 28 comprimidos e por ai vai, mas quem irá indicar a melhor formula a tomar será um ginecologista, por isso é importante consulta-lo. Vale enumerar aqui que as pílulas não engordam, mas dependendo do organismo pode causar retenção de líquidos, dores de cabeça, enjoos entre outros efeitos colaterais.

Dentre os benefícios da pílula podemos destacar o controle da TPM, menstruação irregular, redução dos riscos de problemas como gravidez ectópica, acne, queda de cabelo, sintomas da pré-menopausa entre outros problemas que é capaz de amenizar. Ressaltando que antibióticos e antidepressivos podem cortar o efeito da pílula anticoncepcional ou mesmo reduzir em até 50% a sua eficácia. É por esse entre outros tantos motivos que a consulta com um médico é indispensável.

Pílula anticoncepcional

Anticoncepcional injetável como funciona

A injeção é mais um método contraceptivo que possui a combinação de progesterona e estrogênio, com doses de longa duração, ou seja, a aplicação pode ser mensal ou trimestral. O anticoncepcional injetável mensal possui as mesmas vantagens e desvantagens da pílula, já o trimestral que é aplicado a cada 3 meses pode provocar a ausência da menstruação no inicio do tratamento.

A injeção possui o mesmo mecanismo de ação das pílulas, ou seja, ela suspende a ovulação, reduz a espessura endometrial e deixa o muco cervical mais espesso. Esse é um método contraceptivo muito eficaz com 0,1% a 0,6% de falha, lembrando que só deve ser usado quando recomendado por ginecologistas e a aplicação deve ser realizada em farmácias com a apresentação da receita.

Injeção anticoncepcional

Adesivo anticoncepcional como funciona

O adesivo anticoncepcional também conhecido como Patch, é feito de um material aderente que deve ser colocado na pele e permanecer no mesmo local durante uma semana. Este é um método contraceptivo que possui a combinação de dois hormônios que são a progesterona e estrogênio, que são liberados na circulação sanguínea de forma contínua.

O adesivo anticoncepcional vem em três unidades para serem usados de forma consecutiva. O primeiro deve ser colocado no primeiro dia da menstruação e assim um adesivo por semana. Após três semanas de uso, é importante fazer a pausa de uma semana e iniciar uma nova cartela de adesivos. Este tipo de anticoncepcional pode ser colocado em qualquer parte do corpo, como no braço, barriga, costas ou mesmo na nádega.

Opte por lugares que não haja tanto contato com roupas apertadas e não coloque nas mamas. Este é um método contraceptivo muito eficaz como efeitos colaterais como dores de cabeça, cólicas menstruais leves e náuseas, lembrando que os efeitos podem não ser iguais para todas as mulheres. O seu uso deve ser indicado por um médico.

Adesivo anticoncepcional

Anel anticoncepcional como funciona

O anel anticoncepcional é um pequeno anel flexível de superfície lisa, feito de silicone, transparente, não porosa e não absorvente que contém os hormônios estrogênio e progesterona, que deve ser colocado dentro do órgão feminino, no formato de 8 na parte superior, onde a região é bastante elástica e não sensível ao toque.

Quando entra em contato com a pele do órgão íntimo, o anel libera continuamente pequenas doses de hormônios que são absorvidas pelo organismo da mulher, impedindo assim a ovulação. A colocação do anel anticoncepcional é bem fácil e simples, podendo ser feito em casa por você mesmo. Mas é importante que antes do uso consulte um ginecologista.

Anel anticoncepcional

Esses são alguns dos anticoncepcionais existentes no mercado. Ressaltando que o uso de qualquer um deles deve ser indicado por um médico.

Saiba mais sobre anticoncepcionais

27/10/14 por Haline

   

Mais informações por email

Comentar