Os principais indícios que o trabalho de parto vai começar

O trabalho de parto é diferente para cada mulher, mas as contrações com menos intervalo e mais intensas é igual para todas.

Trabalho de parto

Quando se inicia uma gestação o principal medo que costuma pairar pela cabeça das mulheres é quanto ao momento do parto. As futuras mamães querem saber desde cedo como será o fim da gravidez, e como se dará o trabalho de parto. Alguns indícios indicam que o momento está próximo, entretanto eles podem variar de mulher para mulher, mas de maneira geral saiba quais são os principais sinais que o trabalho de parto irá começar. Na maioria das vezes ele costuma se iniciar na forma de cólicas, de acordo com ginecologistas esse é o início do processo em 60% das mulheres. O vazamento do líquido da bolsa também é bastante comum, ocorre em 20% das gestações, isso acontece porque a mesma se rompe.

Outro sinal que costuma aparecer em alguns casos é um pequeno sangramento, que pode ser também um sinal de largada. Mas, ainda há aquelas que não sentem praticamente nada, isso ocorre em 2% dos casos. Mas, devido à ansiedade que aumenta a cada mês que se passa, especialmente na primeira gravidez, as mulheres podem não saber interpretar alguns desses sinais e terminam por não saber se realmente é a hora de pegar as malas e correr para a maternidade. As contrações, por exemplo, que são os sinais mais comuns de que o trabalho de parto está tendo início podem aparecer na forma de cólicas, e por conta disso é o indicio que mais confunde as gestantes.

Isso acontece porque nos últimos meses de gravidez a mulher costuma sentir certo desconforto, já que possa estar um pouco inchada, sentindo mais o peso do bebê, que começa a encaixar na pelve, tudo isso pode fazer com que a mamãe confunda pequenos mal estares com as cólicas. Por isso, é que a grávida deve perceber se as contrações são regulares, se a intensidade aumenta e o intervalo entre elas diminui, pois com essas características as contrações são mesmo sinal de trabalho de parto. Já quando a bolsa se rompe, o parto costuma ocorrer em no máximo 24 horas, sendo que após 12 já é indicado que se induza o nascimento, para que assim não haja risco de contaminação do interior do útero.

Mas, é preciso ficar atento a quantidade do líquido que sai com o rompimento da bolsa e suas características, pois dependendo do local onde se rompe, a quantidade de líquido pode ser maior ou menor, como se a gestante estivesse perdendo urina. Para tirar as dúvidas, o líquido amniótico tem um odor bem diferente do da urina e sua coloração é como água de coco. Mas, o mais importante é ter muita calma nessa hora quando os sinais de trabalho de parto começarem a se manifestar, pois é só em filmes e, em casos raros que os bebês nascem antes que a mamãe consiga chegar à maternidade.

Saiba mais sobre trabalho de parto

Revisado em 20/07/2017
Publicado em 24/08/2009 por Talita

Mais informações por email


Comentários

  • jackelline sampaio

    30/06/17

    Estou de 39+3 e tô com contrações leves que vão e voltam mais não sei se está na hora de ir pra maternidade o que fazer vou ou espero as contrações aumentarem? ?
    responder
  • sandra

    22/02/17

    Estou com colica todos os dias uma colica chata já faz uns 4 dias estou com 38 semanas de gravidez sinto mal estar fraqueza e muito cansaço chega ser exaustivo isso é sinal que está perto do parto?
    responder
  • elitania

    21/11/16

    To de 38+3 e to sentindo pequenas cólicas que por enquanto ainda estão fracas.. isso pode ser inicio de trabalho de parto?
    responder
  • midian da silva viana barreto

    22/11/15

    To cm 37 semanas e meio,tô sentindo muita cólica.. essa cólica vem e vai,ai que dor chata
    responder
  • naiara martins

    19/10/15

    Estou com 38semanas e tive um pequeno sinal de sangramento. nao tenho contracao nem dor.moro no sitio o que eu faco
    responder
  • naiara martins

    19/10/15

    Estou com 38semanas e tive um pequeno sinal de sangramento. nao tenho contracao nem dor.o que eu faco
    responder
  • tatiana

    08/03/14

    Passei ate mal
    responder

Comentar