Home » Relacionamento

Morar junto ou casar?

Saiba quais são as vantagens e desvantagens em se casar ou morar juntos, veja as dicas e tenha sucesso em seu relacionamento.

Morar junto ou casar

Como o avanço e a modernidade cada vez mais presente em nossas vidas, casar de “papel passado” como diziam antigamente, deixou de ser a única opção para aqueles casais que decidem aumentar a intimidade. Antigamente a ideia de se fazer um “teste” antes de se oficializar o casamento era inconcebível, porém hoje devido a grande intimidade que os casais compartilham, é comum a muitos deles decidirem morarem juntos a fim de testar na prática se o amado é realmente tudo aquilo que diz ser.

Embora essa prática venha crescendo cada vez mais, muitos casais ainda têm dúvidas se esta é realmente a melhor opção, por isso confira neste post alguns benefícios que o morar junto oferece e descida se é preferível fazer um teste antes ou se casar logo de vez. Primeiro é preciso entender que aos olhos da lei a convivência pública, duradoura e contínua, que tem por objetivo a formação de família já é considerada união estável, sendo assim morar junto é considerado um tipo de casamento que garante em muitos casos os mesmos benefícios que uma união oficializada oferece.

Talvez a maior diferença entre as duas opções esteja na forma de como o casal passará a ver sua relação, pois há aqueles que acreditam que um casamento só ocorre verdadeiramente quando assumimos um compromisso oficial perante a sociedade, para outros só o fato de dividirem uma vida a dois já mostra um comprometimento sem a necessidade de se formalizar a decisão.

Importante lembrar que a união oficializada envolve gastos, não necessariamente com a cerimônia religiosa, mas sim com a oficialização em cartório e esse fato contribui para que muitos casais acabem optando por simplesmente morar juntos, dispensando assim gastos com questões burocráticas, como o casamento no civil. Por outro lado o casamento no civil torna a união oficial e com isso os filhos nascidos dessa relação não enfrentam problemas com relação a documentos, ficando claro o tipo de relacionamento existente entre seus pais.

Mas, independente se a relação é oficializada ou não, é fundamental levar em consideração a responsabilidade que este ato implica, pois além de dividirem a mesma casa, a mesma cama, também dividirão questões de ordem financeira, aprendendo a conviver com a rotina e conhecendo bem mais de perto os defeitos um do outro e é justamente nesse momento que muitos relacionamentos não resistem, pois ficar na companhia do seu querido algumas horas durante alguns dias por semana não mostra verdadeiramente quem ele é e vice e versa por isso muitos casamentos acabam antes do completarem o primeiro ano.

Por conta disso é comum muitos psicoterapeutas aconselharem a fazer um “teste” antes de dar um passo tão importante na vida a dois, pois um relacionamento traumático pode ocasionar desequilíbrios emocionais sérios em um dos parceiros, comprometendo inclusive relacionamentos futuros. O casamento marca uma etapa importante em nossas vidas, por isso deve ser planejado e muito desejado, embora seja uma decisão desafiadora é o momento em que estaremos assumimos definitivamente a outra pessoa, com todos seus defeitos e qualidades, amando e respeitando por todos os dias da sua vida “até que a morte os separe” e nesse sentido é que o morar juntos antes do casamento pode contribuir, pois ele ajudará você a detectar se está realmente na hora de dar esse passo tão importante ou não.

Em todo caso, o que deve prevalecer sempre são o respeito e o diálogo franco e sincero, pois estes são à base e o segredo para um relacionamento sério, maduro e duradouro. É preciso saber respeitar e aceitar as diferenças entre o casal, afinal cada um tem suas opiniões, hábitos e valores diferentes. Numa relação a dois é preciso saber buscar a harmonia, evitando-se os conflitos e as dificuldades do dia a dia, pois quando as dificuldades se sobrepõem ao amor e ao respeito é natural que o casal acabe por se afastar um do outro, por isso em alguns casos é muito bom passar pelo teste antes, só assim saberão se realmente terão amor suficiente para dividirem uma vida a dois, amando inclusive os defeitos.

Saiba mais sobre relacionamento

Tags: , ,
Publicado por Josi
Revisado em 20/06/2011

Compartilhar