Home » Beleza » Pele

Micose dicas de prevenção

A micose é um tipo de infecção que pode afetar qualquer área do corpo, sendo causada por fungos. Saiba mais no Mundo Mulheres.

Micose nos pés 1

A micose é considerada uma doença do verão, embora apareça também no inverno, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, cerca de 35% dos brasileiros apresentam problemas relacionados a micose. O verão é considerado por muitos a melhor estação do ano, visto ser uma época de férias, sol, calor, praia, piscinas, o problema são os fungos causadores de várias infecções na pele que também adoram essa estação, principalmente lugares quentes e úmidos, local ideal para se alastrarem.
As micoses são infecções ocasionadas por fungos que ultrapassam as barreiras de resistência do corpo e seus sintomas podem ser bastante desagradáveis e incômodos, como coceira, alterações na pele que podem ocasionar lesões de diversas formas, de acordo com cada tipo de micose, além disso, a micose pode ser uma porta aberta para o surgimento de outras doenças associadas, como as infecções bacterianas. Conheça agora, os tipos mais comuns de micose:

>> A popular FRIEIRA geralmente aparece entre os dedos dos pés, causa coceira intensa, vermelhidão e na maioria das vezes fissuras no local, podendo ser bem doloridas. Para evitá-las use calçados arejados que facilitem a ventilação no local, seque bem o espaço entre os dedos e use sempre talco antifúngico.

>> Unhas amareladas, doloridas e grossas, podem ser um claro indício de MICOSE NAS UNHAS, para prevenir é importante não compartilhar acessórios de manicure e não remover a cutícula em excesso.

>> PANO BRANCO é um tipo de micose que causa manchas brancas arredondadas, pode aparecer em todo corpo, porém é mais comum nas costas, tronco e peito, causando coceira intensa e descamação no local. Para evitá-la não faça uso de cremes muito oleosos, seja para o corpo ou cabelo, pois a oleosidade colabora na reprodução dos fungos. O tratamento da micose geralmente é feito pelo uso de medicamentos via oral quando a área afetada é muito grande. Já em áreas pouco afetadas basta o uso de cremes ou sprays antimicótico de uso localizado, embora o tratamento seja rápido e eficaz, é importante diagnosticar e iniciar o tratamento de combate a micose o quanto antes, visto o risco de outras doenças associadas à micose, importante também seguir o tratamento até o fim de acordo com as recomendações médicas, evitando assim a reincidência do problema. Segundo os dermatologistas, é possível prevenir-se desse mal, basta seguir algumas dicas para manter a micose longe de você, confira:

>>A micose pode ser transmitida pela areia, pisos contaminados e água, animais como cachorro, gato e papagaio, também podem transmitir micoses, assim como pelo contato de alguém já infectado, no uso compartilhado de roupas, chinelos, toalhas, talheres, alicate de manicure, entre outros.

>>Para o corpo não acumular suor, ficando assim quente e úmido local ideal de proliferação de fungos, use roupas frescas e leves, de preferência algodão, evitando tecidos sintéticos.

>>Em locais públicos como praia, clubes, vestiários, piscinas, ande sempre de chinelo e nunca compartilhe calçados e roupas com outras pessoas, caso seja preciso, lave sempre antes de usar.

>>Ao sair do banho é fundamental secar muito bem o corpo, em especial dedos dos pés, debaixo dos braços e virilhas.

>>Como os animas também podem transmitir micoses, mantenha-os sempre limpos, secos e evite o passeio em praias, mesmo que na coleira.

Vamos aproveitar o que de melhor o verão oferece, mas longe das micoses!

Publicado por Josi
Revisado em 14/07/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar