Menopausa precoce na mulher

Muitas mulheres não sabem, mas a menopausa pode chegar antes do que imagina. Saiba o que é a menopausa precoce e suas causas.

Mulher com relógioO organismo da mulher é mesmo uma caixinha de surpresas, pois mais de 80% das doenças comuns nos seres humanos têm sempre mais chances de ocorrer em mulheres do que em homens. Desde a adolescência a mulher passa por grandes mudanças hormonais, até os trinta anos a sua “fábrica” de hormônios trabalha a milhão para dar conta do ritmo deste organismo, eis que esta fase começa a desacelerar e dos trinta aos quarenta anos fica bem evidente.

O que se espera normalmente é que até os cinquenta anos a menopausa chegue e acarrete diversas mudanças para o organismo.

Causas da menopausa precoce

A menopausa precoce é um estado clínico que se apresenta quando a mulher entra na menopausa antes dos 32 anos de idade, ou seja, quando a mulher para de menstruar durante um ano ou mais.

A menopausa acontece quando há a falência ovariana prematura (FOP) que é a perda temporária ou definitiva da produção de hormônios responsáveis pela produção de óvulos.

Este problema esta relacionada à hereditariedade, mas outros fatores como quimioterapia, problemas com tireóide, diabetes, retirada dos ovários entre outros fatores também podem ser as causas da menopausa precoce.

Mulher triste

Sintomas da menopausa precoce

A ausência da menstruação por períodos indeterminados e sua irregularidade são os principais sintomas. Mas, além disso, muitos outros sintomas como os famosos fogachos (calor), aumento de peso, perda de cabelo, autoestima baixa, diminuição da libido, estresse e depressão também são sintomas da menopausa precoce.

Lembrando que no começo da menopausa precoce muitas mulheres confundem com a Tensão pré-menstrual, mas na verdade estes sintomas podem tomar conta de uma rotina e até atrapalhar a vida pessoal, familiar e social, por isso é sempre importante ressaltar que a consulta médica é indispensável para diagnóstico e tratamento adequado.

Mulher segurando o ventilador ,

Tratamento da menopausa precoce

O tratamento para a menopausa precoce é feito com reposição hormonal, mas ele deve ser individualizado e atender as necessidades do paciente. Pois há fatores como obesidade, hipertensão, diabetes, câncer, doenças cardiovasculares entre outros que podem interferir no tratamento, por isso a mulher deve se consultar com um bom especialista para que o mesmo possa indicar o melhor tratamento a ser seguido.

Médico e paciente

Assim como todas as doenças e enfermidades, a consulta com o especialista é muito importante, só ele fará o diagnostico correto para que possa dar continuidade sem medos e chateações, por isso fique atenta aos sintomas.

Saiba mais sobre a Menopausa

Revisado em 14/07/2017
Publicado em 26/09/2013 por Natalia Fraga

Mais informações por email


Comentários

  • aldese santos de azevedo

    11/02/14

    Entrei na menopausa aos trinta e oito anos. isso pode trazer consequências agora aos 44 anos
    responder

Comentar