Melhor posição para amamentar

A amamentação é de extrema importância, pois é o leite materno que garante todos os nutrientes essenciais para o crescimento do bebê.

A amamentação é um momento único entre mãe e filho, um ato que envolve muito amor e carinho e que por isso merece cuidados especiais para que essa troca possa ser muito mais prazerosa e intensa. Para o momento da mamada, existem algumas técnicas que facilitam a mamãe encontrar uma melhor posição de modo a facilitar e acomodar o bebê para o aleitamento no peito, mas apesar de existirem posições corretas nada impede que mamãe e bebê encontrem a posição que lhe sejam mais convenientes, algumas mulheres podem iniciara amamentação sem grandes dificuldades, enquanto outras o aprendizado pode ser um pouco mais custoso, o importante é não desistir nunca da amamentação exclusiva e tentar sempre, até encontrar a posição ideal, mas para que o trabalho não seja tão penoso segue algumas dicas quanto às posições recomendadas para a amamentação, lembre-se todo esforço vale a pena.

Para que não haja dor durante a amamentação a posição é muito importante, o mau posicionamento da mamada pode gerar dores nas costas, mamilos rachados e dolorosos, insatisfação no bebê por isso pode chorar com frequência querendo mamar a toda hora ou a completa recusa ao peito da mãe. Uma boa posição é aquele em que tanto a mãe quanto o bebê sentem-se confortáveis, a posição mais conhecida e usada é a sentada, para isso as costas da mamãe deve estar reta e sempre apoiada, nunca recostada para trás, é importante que os pés estejam apoiados no chão a algum banquinho, ou livros empilhados, dessa força seu joelho ficará ligeiramente mais alto que o colo proporcionando melhor conforto ao bebê, use almofadas próprias para amamentação ou almofadas convencionais para apoiar costas e braços, elevando o bebê.

Quanto à posição ideal para o bebê, ele deve estar em contato com a mãe, virado para sua frente, barriga com barriga, cabeça, ombros e corpo em linha reta, seu narizinho deve estar no mesmo nível do mamilo para que possa alcançar o peito sem maiores dificuldades, ele não deve esticar-se e nem ficar girando a cabeça para alcançar o peito, sua cabeça deve ficar apoiada no seu antebraço, para o momento da pega a mamãe deve aproximar o bebê do peito, você pode estimulá-lo a mamar roçando com o mamilo nos seus lábios, espere até que ele esteja com a boquinha bem aberta então aproxime o peito de sua boca, faça sempre esse procedimento, nunca leve com suas mãos o peito a boca do bebê, basta aproximar que ele instintivamente o sugará, lembre-se amamentar é “dar” o peito.

Algumas mamães especialmente as que se submetem ao parto cesariano, podem optar por amamentar seu filho deitadas de lado, use uma almofada volumosa debaixo da cabeça. O bebê deve estar deitado de lado com a cabeça, ombros e corpo em linha reta, totalmente virado para sua frente, barriga com barriga, para dar o peito às orientações são as mesmas acima citadas, esta posição também é conveniente para as mamadas noturnas. Independente da posição que escolher atente para que esteja confortável e relaxada, sempre apoiada para que não se curve nem para frente, nem para trás, da mesma forma o bebê deve estar bem posicionado, seu corpinho deve estar em contato com o seu, bem seguro, na altura da mama. Para o bebê o melhor alimento é o leite de sua mãe, a amamentação deve ser exclusiva, ou seja, somente o peito como única maneira de alimentar seu bebê até os seis meses de vida. A amamentação é muito importante, tanto para saúde do seu filho quanto estreita o contato físico, reforçando em cada mamada o vínculo afetivo.

Revisado em 14/07/2017
Publicado em 05/08/2010 por Josi

Mais informações por email


Comentar