Home » Beleza

Drenagem linfática no rosto

A drenagem linfática facial é repleta de benefícios estéticos, preventivos e também terapêuticos. Saiba mais sobre esse assunto.

Drenagem linfática facial

A drenagem linfática foi criada em 1932 pelo terapeuta dinamarquês Vodder, essa técnica tem por objetivo estimular o sistema linfático. Toda vez que esse sistema é estimulado ocorre à eliminação de varias substâncias inorgânicas e orgânicas, resíduos e toxinas do organismo. Outra vantagem que a técnica apresenta, é a regeneração dos tecidos da pele e o fortalecimento do sistema imunitário.

Sua ação é relaxante, combate as gorduras localizadas e a celulite. Os benefícios que a drenagem linfática apresenta não ficam restritos apenas ao corpo, sendo indicada também para o rosto. Conheça os benefícios e saiba como fazer a drenagem linfática no rosto.

Drenagem linfática no rosto benefícios

São vários os benéficos que a drenagem linfática produz no rosto. A drenagem linfática facial produz a oxigenação dos tecidos, estimula o sistema imunológico, tonifica a e revigora a pele evitando o envelhecimento precoce. A massagem possui três aspectos, sendo considerada: preventiva, terapêutica e estética.

Quando corretamente aplicada à massagem faz com que os gânglios linfáticos absorvam as toxinas e o excesso de líquidos, que são eliminados através da transpiração e também pela urina. Outro grande benefício é a ativação da circulação, que faz com que o rosto receba mais oxigênio o que torna a pele mais elástica e saudável. Com apenas 20 minutos diários de massagem é possível conseguir excelentes resultados, tais como a pele facial suave, sem olheiras ou inchaços.

Mulher deitada sorrindo

Drenagem linfática no rosto após cirurgia

No pós-operatório de cirurgia facial a drenagem linfática fortalece o sistema imunológico, ajudando a combater infecções, reduz sinais de hematomas e edemas. Ajuda também a diminuir o tempo de recuperação, combate o estresse pós-cirúrgico. Previne contra inchaços das bolsas localizadas abaixo do olho, melhorando a estética e o bem-estar físico. É normal que após a cirurgia a pessoa retenha muito líquido, e em alguns casos o corpo não consegue expelir o excesso.

Nesses casos a drenagem linfática é necessária visando diminuir a retenção de líquidos, melhorar a circulação sanguínea e ajudar no restabelecimento geral da saúde. A massagem ajuda na prevenção contra a fibrose e também hidrata e nutre as células promovendo a aceleração do processo de cicatrização. A drenagem linfática pode ser empregada também nos casos de lipoaspiração, mamoplastia, rinoplastia, blefaroplastia, mastectomia e cirurgias de prótese de silicone.

Drenagem linfática pós cirurgia

Drenagem linfática no rosto como fazer

A drenagem linfática pode ser realizada por um esteticista ou por você mesma. Comece lavando o rosto com água corrente para retirar as impurezas e a maquiagem, caso você tenha cabelos comprido é aconselhável que você o prenda para facilitar todos os movimentos. O processo de massagem inicia e termina no ângulo venoso, são ao todo 3 grupos ganglionares: os cervicais superficiais, os cervicais profundos e os supracraviculares.

A massagem tem início no ângulo venoso que fica nas laterais do pescoço, perto da mandíbula, use os dedos indicadores, anelares pai de todos em movimentos leves e em círculo no sentido horário e anti-horário, repita os movimentos pelo menos 6 a 7 vezes. Em seguida repita todo o processo um pouco mais abaixo, em torno de 2 dedos abaixo da posição inicial.

Feito isso, passe a massagear usando as duas mãos os gânglios que ficam sob a mandíbula, faça movimentos circulares, fazendo com que suas mãos deslizem até próximo as orelhas. Depois coloque os dedos sobre o queixo, e refaça os movimentos circulares de 6 a 7 vezes, arrastando os dedos até a bochecha. Em seguida coloque os sob o nariz e sobre os lábios superiores, e massageie fazendo círculos repita o mesmo número de vezes.

Como fazer drenagem linfática

A área em que fica os olhos deve receber maior atenção, por conta das olheiras e inchaços. Coloque os dedos indicadores e pais de todos sobre a parte de baixo dos olhos e faça movimentos de espiral com círculos bem pequenos até chegar próximo às orelhas. Repita 6 vezes e faça os mesmos movimentos na parte de cima dos olhos. Então, repita os mesmos movimentos iniciais para massagear os gânglios a fim de liberar todas as toxinas.

Tags: , ,
Publicado por João
Revisado em 21/11/2013

Compartilhar