Como emagrecer na menopausa

Menopausa é apenas mais uma das fases naturais pela qual toda mulher passa. Por esse motivo é sempre bom tomar os cuidados necessários.

idosa sorrindo

As mulheres tem que se preocupar com o cabelo, com as unhas, com o modo de se vestir e ainda com o corpo, a perda de peso é um dos assuntos que mais preocupam as mulheres, isso deve ser porque não é uma tarefa muito fácil, ainda mais quando isso trata em um momento pouco complicado da vida das mulheres, na menopausa, a sensação é que tudo fica mais difícil nesta fase.

Existem vários fatores que explicam porque esta dificuldade tão grande de perder peso após os cinquenta anos, a dieta e os exercícios mudam e não são os mesmos quando se tem vinte anos, é preciso determinação e muito foco.

Porque as mulheres engordam na menopausa

duas mulheres sentadas

A mulher começa a sofrer com as mudanças hormonais significativas geralmente um ano antes de efetivamente a menstruação cessar, e desde então o corpo começa a perder massa muscular, dando lugar a gordura, principalmente na região abdominal, tudo isso ocorre devido a diminuição significativa da produção dos hormônios progesterona e estrogênio, eles causam além da diminuição da massa muscular, também enfraquecimento do cabelo, ressecamento da pele, enfraquecimento das unhas, flacidez, entre muitos outros.

As mulheres acabam engordando também pela desmotivação e falta de autoestima que acabam sofrendo com tantas mudanças corporais.

Alimentação para emagrecer na menopausa

idosa comendo maçã

A gordura abdominal também está relacionada a problemas de saúde como o diabetes e a hipertensão, por isso vale redobrar a atenção não somente para perder peso, mas para perder a gordura do organismo. A alimentação pode ser a chave de tudo, pois quando a mulher se alimenta de maneira correta nesta fase da vida as chances de aumentar a qualidade de vida são muitas.

A soja, por exemplo, é um alimento muito importante que deve ser incluído na dieta diária, este assim como a semente de linhaça, inhame, grão de bico e lentilha, são considerados fitoestrogênios, isto significa que estes alimentos possuem uma estrutura de estrogênio muito similar com a do organismo natural, então é uma ótima fonte de reposição natural.

Além destes alimentos citados acima, outros como alimentos ricos em vitamina A como as frutas de cor laranja, em ômega 3 como a sardinha e frutos secos, cereais ricos em fibras, azeite, e verduras e legumes ricos em nutrientes essenciais para o bem estar do organismo.

Atividades físicas para emagrecer na menopausa

idosa se exercitando

A atividade física é uma aliada muito importante não somente no período da menopausa, mas sim para garantir uma boa velhice, com a perda de massa muscular, as mulheres tendem a diminuir o ritmo de exercícios físicos, devido a fadiga e ao cansaço qualquer atividade pode se tornar uma maratona, por isso a inclusão das atividades físicas principalmente para quem nunca praticou ou esta acima do peso deve ser cautelosa e com acompanhamento específico. Os exercícios aeróbicos devem ser conciliados como a musculação, porque o grande objetivo é perder a gordura e ganhar massa muscular, além da reposição de alimentos como o carboidrato e a proteína.

As atividades simples como passear com o cachorro, caminhar por meia hora, ou atividades dentro da água como a hidroginástica podem ser muito satisfatórias e prazerosas, trazendo diversos benefícios corporais e psíquicos para a mulher, a atividade física esta relacionada a liberação da endorfina e serotonina, eles são responsáveis pela sensação de prazer e bem estar muito importantes nesta fase.

Fazer acompanhamento médico após os quarenta anos é imprescindível para garantir boa saúde, invista em uma boa alimentação e exercícios físicos regulares, além de procurar fazer atividades que goste de fazer e lhe tragam certo bem estar é muito importante para garantir a perda de peso e boa saúde na melhor idade.

Quer saber mais sobre menopausa? Veja o vídeo sobre os sintomas da menopausa:

Leia mais sobre menopausa

Publicado em 18/11/2013 por Natalia Fraga
Revisado em 14/07/2017

Mais informações por email


Comentar