Candidíase na gravidez tratamento

A candidíase é uma infecção que atinge grande parte das mulheres inclusive as grávidas. Veja dicas de tratamento e como evitar.

Grávida e candidíase 1

Com todas as adversidades que a mulher passa na gravidez ela ainda tem que se preocupar com um problema que não é grave, mas que é muito chato chamado Candidíase. A Cândida albicans, este é o nome científico dado a candidíase que afeta maior parte das mulheres inclusive durante a gravidez. Presente também no organismo masculino, a cândida é um vírus que está presente no sistema genital, porém em algumas situações ele causa a multiplicação deixando o sistema desregular.

Durante a gravidez o sistema imunológico fica mais fragilizado e por isso é mais comum o vírus atacar as partes de mucosa da pele como boca, olhos e partes íntimas.

Causas da candidíase na gravidez

As causas de candidíase estão relacionadas a fatores de imunidade baixa, estresse e grandes mudanças hormonais, pessoas portadoras de diabetes e lúpus possuem maior tendência de sofrer com a cândida.

Outro fator que pode colaborar com a proliferação da candidíase é o uso de antibióticos, corticoides e anticoncepcionais, no caso das mulheres gravidas ele ocorre devido à baixa imunidade e a alta sensibilidade que o organismo apresenta o que se torna uma ótima oportunidade para o fungo crescer. Quando o fungo da candidíase ataca a região da boca e garganta é chamado de sapinho.

Os sintomas na região genital é coceira, ardor ao urinar, dor nas relações e secreção cremosa e branca. Na boca surgem manchas brancas, acompanhadas de dor e incomodo ao engolir.

Grávida e candidíase

Riscos de candidíase na gravidez

Não existem riscos para a gravidez. Durante os três primeiros meses os médicos não recomendam o uso de medicamentos, por isso neste período é preciso utilizar métodos naturais e o reforço da imunidade através de alimentos saudáveis e nutritivos. O único dano que pode causar ao bebê é o contato com a região infectada durante o parto o pode ocasionar sapinhos na boca.

Tratamento para candidíase na gravidez

O tratamento age para alivio dos sintomas, já que o mais correto e eficiente para manter os fungos em sua proliferação correta é se alimentar de forma saudável e consumir muita água, pois o fungo ataca principalmente quando o organismo está frágil. Outra maneira que pode contribuir contra o fungo da candidíase é o consumo de iogurte e leite fermentado, estes são ricos em lactobacilos que atuam na flora intestinal ou ainda aplicar estes na região com as lesões.

É recomendável evitar sabonetes íntimos e protetores de calcinha. Quando as coceiras começarem utilize uma bolsa de gelo e chá de camomila para a região, evite ficar com biquíni molhado por muito tempo, prefira calcinhas de algodão e na hora de dormir evite a roupa íntima. A imersão de água quente na região também deve ser evitada. A recomendação médica é que seja feito o uso de medicamentos como anfotericina B, fluconazol, azol, antifúngico, caspofungina e itraconazol, estes devem ser orientados e prescritos pelo médico responsável.

Lembrando que o fungo já esta presente no nosso organismo. O cuidado é redobrado pelo fato do incomodo que o vírus causa, por isso é preciso focar na alimentação reforçada e saudável, observando que alimentos muito ácidos em grande consumo também pode despertar o fungo.

Assista ao vídeo do Youtube e veja mais informações sobre esta infecção chamada Candidíase, seus sintomas e tratamentos:

Saiba mais sobre candidíase

Revisado em 20/07/2017
Publicado em 18/10/2013 por Natalia Fraga

Mais informações por email


Comentar