Benefícios do parto normal

O parto normal pode trazer vários tipos de benefícios tanto para a mãe quanto para o bebê. Saiba mais no artigo do Mundo Mulheres.

Mãe e filho

O nascimento de um filho é umas das etapas mais especiais e importantes na vida da mulher. Mas é também uma tapa de muitas dúvidas principalmente em relação à que tipo de parto realizar, pois a forma de dar à luz faz muita diferença na vida da mãe e bebê. Segundo especialistas, o parto deve ter o mínimo de intervenção possível, sendo o parto natural o mais recomendado. Confira nos tópicos abaixo quais os benefícios que o parto natural traz para a mãe e principalmente para o bebê.

Benefícios do parto normal para o bebê

O parto normal traz vários benefícios, e o primeiro deles é o bebê escolher o dia em que irá nascer, ou seja, é quando ele está realmente pronto para vir ao mundo. Outro benefício é que durante o trabalho de parto, as contrações liberam um hormônio chamado ocitocina, que é responsável por estimular a descida do leite e também facilitar a saída.

Com a descida do leite o bebê já pode mamar assim que nasce, já que ele possui um alto poder de sucção nos primeiros 30 minutos de vida. Dentro do útero, os pulmões do bebê estão cheios de líquido amniótico, e quando nasce esse líquido precisa ser expelido. No parto normal acontece uma compressão na caixa torácica do bebê, que faz o líquido sair pela boca e nariz, fazendo a respirar logo que nasce.

Outra grande vantagem do parto natural para o bebê tem haver com a liberação do hormônio ocitocina que ocorre durante as contrações. Quando o bebê entra em contato com esse hormônio, o bebê fica muito mais calmo e alerta nas primeiras horas após o nascimento.

Bebê chorando

Benefícios do parto normal para a mãe

Sem dúvidas uma das melhores vantagens do parto natural é o tempo de recuperação, ou seja, a mulher pode deixar o hospital 48 horas após o nascimento do bebê ou mesmo antes, mas vale lembrar que em alguns casos pode haver complicações que faça com que a mãe permaneça mais tempo internada.

A mãe também tem menos riscos de contrair algum tipo de infecção, pois não se trata de um procedimento cirúrgico. Segundo dados do Ministério da Saúde, os riscos de infecção em partos cesáreas é 5 vezes maior do que os partos naturais. Há também menos chances de sangramentos no pós-parto.

Mulher grávida

Como decidir por qual parto realizar

A gravidez é um período de grandes transformações, alegrias e também incerteza, principalmente pela escolha do tipo de parto. Não é fácil tomar essa decisão, por isso desde o começo a mãe deve ter um acompanhamento médico e tirar todas as suas dúvidas com profissional, além de pesquisar muito sobre cada tipo. Conversar com o parceiro e expor seus medos e expectativas sobre cada um dos partos também é muito importante. Mas vale lembrar que a escolha vai depender muito da sua saúde. Já que em alguns casos o parto normal pode ser perigoso.

Conversando com o médico

Mas é importante ressaltar que em alguns casos não é possível realizar o parto natural mesmo que a mãe queira, sendo a cesárea a melhor opção.

11/06/15 por Haline

   

Mais informações por email

Comentários

  1. Meu remédio acabou quinta feira e no sábado eu tive relação e tomei a pirula do dia seguinte domingo resolve

    cristiele de paula assis

    13/11/15

  2. To a quase 90 dias de atraso mestrual nao sinto nada de gravida,sinto constante um biliscao no ovario constante e um incomodo como se foce gases no pe da barriga isso pode ser gravidez

    vsnusa-

    05/11/15

Comentar