Útero baixo na gravidez

O útero baixo ou cientificamente chamado de prolapso uterino é o deslizamento anormal do útero de sua posição para a área vaginal.

mulher gravida deitadaProlapso uterino ou popularmente conhecido como útero baixo acontece quando os músculos e ligamentos da região pélvica esticam e enfraquecem, proporcionando um suporte inadequado ao útero que faz com que ele deslize para baixo, podendo inclusive nos casos mais graves sair totalmente para fora . O útero baixo pode acometer mulheres de qualquer idade, no entanto ocorre com mais frequência em mulheres que tiveram muitos filhos de parto normal, mulheres grávidas e na menopausa, também estão sujeitas ao problema.

O útero baixo pode causar muitas dúvidas, principalmente durante a gravidez. Saiba mais informações sobre o útero baixo nos tópicos a seguir.

                       

Útero baixo na gravidez sintomas

Os sintomas do útero baixo variam de acordo com a gravidade, por exemplo, quando a mulher apresenta um útero baixo suave na gravidez, a mesma pode não apresentar nenhum sintoma, mas quando o útero baixo é grave ou moderado poderá apresentar sensação de peso na região pélvica, problemas urinários como perda de urina ou a retenção da urina, dores na parte inferior das costas, dores nas relações íntimas entre outros sintomas que irão variar de mulher para mulher. Por isso é importante os exames de pré-natal, pois é através dele que é possível detectar se a posição do útero está normal ou não.

Útero baixo na gravidez é perigoso

gravida com chapéu
Quando o útero desliza muito para baixo, o mesmo faz com que haja uma forte pressão sobre os outros órgãos da região pélvica como a bexiga, reto, ovários e a vagina, causando dificuldades em andar, corrimento excessivo, dificuldades com os movimentos intestinais, antecipação do parto ou até mesmo causar a perda do bebê. Por isso em alguns casos o útero baixo pode ser muito perigoso na gravidez, sendo fundamental o acompanhamento médico.

Útero baixo na gravidez é normal

Em alguns casos, como no período fértil o útero tende a ficar mais baixo para facilitar a fecundação e no final da gravidez para que o útero atinja a posição ideal para a realização do parto, é normal que o útero faça o movimento de “sobe e desce”. Mas em alguns casos como há a fraqueza e o alargamento dos tecidos que dão suporte aos órgãos da região pélvica, o útero baixo deixa de ser uma condição normal e passa a ser um problema mais sério.

Útero baixo na gravidez o que fazer

mulher gravida de roxo
Medidas simples como, por exemplo, realizar exercícios kegel para fortificar todos os músculos e tecidos da região pélvica. Cuidar do peso durante a gravidez, pois quanto mais a mulher engorda na gestação mais propensa ela esta ao útero baixo. Evitar levantar muito peso durante a gravidez, pois carregar muito peso durante este período faz com que haja uma grande pressão na estrutura da região pélvica. Em casos mais sérios de útero baixo somente a cirurgia é recomendada após o nascimento do bebê.

Quando o útero baixo é diagnosticado por um médico logo no início da gravidez é possível ter uma gestação tranquila sem que nada afete o seu bebê.

Saiba mais sobre gravidez

3 votos



Joao Romao
28/08/13


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook