Transplante capilar feminino

Não sofra mais com a queda de cabelo, conheça mais sobre o transplante capilar feminino e saiba quais são os seus benefícios.

Transplante capilar feminino

O cabelo é considerado como a moldura do rosto, por isso é muito importante para a vaidade feminina, portanto quando notamos uma ligeira queda mais acentuada ou quando notamos pequenas rarefações capilares, ficamos aborrecidas, extremamente preocupadas e atemorizadas com uma possível calvície.
Mas não se desespere, a queda de cabelo em mulheres pode ocorrer por diversos fatores, visto que nós menstruamos, engravidamos, fazemos uso de anticoncepcionais, frequentes regimes, que unido ao estresse, mais a questão genética, reflete de maneira negativa em nosso cabelo, levando inclusive a queda. Embora seja um problema comum, visto que uma em cada cinco mulheres apresentam esse problema, é preciso tratá-lo.
A boa notícia é que diferentemente dos homens, a calvície feminina não é total, ocorre de forma sutil e pode ser disfarçada com penteados, embora a calvície feminina não seja tão complexa em relação à masculina, geralmente resulta em consequências psicológicas sérias, justamente pela questão estética.
Um recurso muito utilizado entre os homens e que ganha cada vez mais espaço no universo feminino é o transplante capilar, que além de corrigir falhas capilares, também é indicado para melhorar esteticamente cicatrizes no couro cabeludo.
Trata-se de um procedimento cirúrgico que consiste no enxerto de fios retirados de áreas em há mais cabelos, geralmente da parte lateral ou de trás da cabeça, implantados em regiões em que não há praticamente nenhum fio.
Antigamente a técnica de implante capilar utilizava faixas de couro cabeludo, em que o local implantando era facilmente percebido, com o avanço da medicina, atualmente o implante capilar é feito através de mini ou micros enxertos, como isso se ganha uma aparência muito mais natural aos locais implantados.
O processo de implante capilar é lento e pode demorar até anos para ser finalizado, pois a cada enxerto são implantados de dois a quatro fios de cabelos em algumas regiões, com intervalos de mais alguns meses para que possa haver uma total recuperação entre uma sessão e outra, muitos especialistas afirmam que o resultado final só pode ser visto após dois anos do início do tratamento. Embora sejam chamados de mini enxertos, a cada sessão pode-se enxertar de cento e cinquenta a trezentos fios, sendo que algumas clínicas chegam a oferecer o implante de até três mil fios por sessão, porém os especialistas não recomendam as megas sessões, pois dessa forma os fios são implantados em grande quantidade e muito próximos uns dos outros, como não a tempo de recuperação, os fios podem não sobreviver.
Importante ressaltar que existe uma classificação para a chamada calvície feminina, que pode ser de rarefação leve, classificada como grau I, depois grau II em que é visível uma rarefação mais acentuada que nos permite visualizar o couro cabeludo e o grau III, que são os casos mais severos de calvície avançada. Nos casos iniciais de grau I um tratamento clínico poderá resolver o problema, sendo indicado o transplante capilar para os graus II e III.
Embora seja normal ocorrer uma queda diária dos fios, é importante buscar ajuda médica quando perceber que essa queda tem se tornado excessiva, pois somente um especialista no assunto poderá realmente indicar o melhor tratamento e precisar o tipo certo de implante se este for o seu caso.

Mais sobre Transplante capilar feminino




Josi
24/05/11

Mais informações por email.

Comentar sobre Transplante capilar feminino

Destaque

Dicas de decoração para ambientes pequenos

Dicas de decoração para ambientes pequenos