Prisão de ventre o que fazer

prisão de ventre

Convenhamos que falar em prisão de ventre não é um assunto assim tão glamoroso, porém trata-se de um problema constante na vida de muitas pessoas e como informação nunca é demais saiba que é possível eliminar o problema com algumas dicas que farão seu intestino funcionar melhor.
Caracteriza-se por prisão de ventre a constipação ou obstipação intestinal, ou seja, a dificuldade em eliminar as fezes retidas no intestino grosso. Na maioria dos casos a prisão de ventre ocorre devido a nossa má alimentação e erros que cometemos ao nos alimentar, também outros fatores podem estar associados ao problema como alimentação pobre em fibras, pouca ingestão de água, falta de atividade física, parto, doenças febris, causas emocionais como estresse e depressão, entre outros.
A prisão de ventre quando não tratada pode contribuir para o surgimento de outros problemas mais sérios como hemorróidas, apendicite, acnes, inflamação do abdômen e intoxicação geral do organismo. Dentre os sintomas mais comuns da prisão de ventre destacamos flatulências, irritabilidade, fezes ressecadas, dores abdominais e sensação de estufamento.
Muitos profissionais comparam o intestino a um segundo cérebro, pois ele está ligado diretamente as nossas emoções, afinal quem de nós nunca sentiu aquele “friozinho na barriga”? Isso prova que esse órgão trabalha em conjunto com o cérebro, até porque é na cavidade abdominal que são produzidos até 95% da seretonina, hormônio responsável pela sensação de bem estar.
Segundo os profissionais, normalmente devemos defecar todos os dias, quando ocorre um intervalo de três ou cinco dias de uma defecação a outra o problema já pode ser considerado prisão de ventre.
Comum entre as pessoas que sofrem desse mal é se automedicar utilizando laxantes é importante ressaltar que o laxante usado indiscriminadamente sem um prévio conhecimento médico pode causar dependência e danificar o estômago, principalmente quando utilizado de forma contínua. Por isso a utilização de laxantes deve ser prescrita somente por um médico, evitando assim problemas futuros mais graves.
Para dar fim a prisão de ventre e a barriguinha estufada segue uma receitinha caseira que promete ajudar o intestino a funcionar como um reloginho:
>> Suco de abacate com dente-de-leão.
Você precisará de quatro colheres de sopa de polpa de abacate, uma laranja pequena sem casca e bagaço, gotas de limão, uma xícara de chá de dente – de- leão, comprado em casas de produtos naturais em folhas para preparação de chá, uma colher de chá de mel e um copo de água. Basta bater todos os ingredientes no liquidificador com a água e beber em seguida.
Alguns cuidados podem ser mantidos a fim de evitar o problema como fazer uso de alimentos considerados laxantes naturais como a manga, o abacaxi, a ameixa e o mamão, caso você já sofra com a prisão de ventre, evite a maçã com casca, arroz branco, banana, que são alimentos considerados “prendedores” de intestino. Tome no mínimo oito copos de água por dia, pois de nada valerá consumir alimentos ricos em fibras sem água, junto à água pode ser incluído chás e sucos. Procure fazer uma atividade física como a caminhada, por exemplo, que funciona como uma massagem no abdômen, é cientificamente comprovada que uma caminhada de no mínimo trinta minutos por dia acelera o ritmo do intestino, pois aumenta a circulação sanguínea na região, e por último, sentiu vontade de ir ao banheiro para o número dois não segure, pois segundo os gastroenterologistas segurar só piora a situação.
Transforme essas pequenas dicas em hábitos em sua vida e de presente você ganhará além de eliminar o desconforto causado pela prisão de ventre uma barriguinha lisinha e uma pele de causar inveja muito mais viçosa e saudável, tudo isso sem contar o bom humor!

                       
Nenhum voto, seja o primeiro



Josi
03/03/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook