Pressão alta na gravidez sintomas

A pressão alta na gravidez é uma das causas mais frequentes de mortalidade de mães e bebês, porém pode ser evitada com hábitos saudáveis.

Barriga de grávidaA pressão alta ou cientificamente conhecida como hipertensão é o aumento da pressão sanguínea que ocorre quando o sangue é distribuído ao corpo pelo coração sob uma pressão mais alta que o normal. Em 90% dos casos a pressão alta é hereditária, ou seja, passada de pai para filho, mas outros fatores como obesidade, estresse, tabaco, bebidas alcoólicas, consumo excessivo de sal, sedentarismo entre outros fatores também contribuem diretamente para o aumento da pressão. Na gravidez também é comum as mães terem pressão alta, principalmente nos últimos meses da gestação.

Saiba quais são os sintomas da pressão alta na gravidez e como controla-la para ter uma gestação saudável tanto para você quanto para seu bebê.

         

Quais os sintomas da pressão alta na gravidez?

A pressão alta na gravidez é um mal que acompanha cerca de 7% das gestantes brasileiras, podendo comprometer a saúde e a vida tanto da mãe quanto do seu bebê. As maiores causas da pressão alta na gravidez estão relacionadas com a alimentação desequilibrada e o sedentarismo, e uma parte bem pequena da má formação da placenta.

Dentre os sintomas da pressão alta na gravidez estão o inchaço, dores fortes de cabeça e estômago, convulsão em um estágio mais avançado, dores abdominais, vista embaçada e o aparecimento de uma espuma na urina.

Grávida com dor de cabeça

Quais os riscos da pressão alta na gravidez?

A pressão alta na gravidez pode aumentar as chances de um parto prematuro, pois a hipertensão causa um envelhecimento precoce da placenta impossibilitando a passagem normal de nutrientes para o bebê.

Além do parto prematuro, a pressão alta pode causar na mãe doenças cardíacas, derrame, diabetes, convulsões por causa da pré-eclâmpsia e eclampsia entre outros riscos que podem causar risco de vida da mãe e do seu bebê.

Medindo a pressão

Como controlar a pressão alta na gravidez?

Quando a gestante apresenta o quadro de pressão alta na gravidez o primeiro passo a tomar é mudar os hábitos alimentares, passar a ingerir alimentos mais saudáveis, diminuir a quantidade de sal da comida e passar a beber mais água durante todo o dia.

É importante também que a prática de exercícios físicos seja feito, pois o excesso de gordura corporal favorece o aumento da pressão, no entanto é fundamental que os exercícios físicos sejam indicados pelo seu médico, além de seguir corretamente todas as indicações.

Alimentação saudável na gravidez

A pressão alta na gravidez pode ser evitada e tratada, basta seguir corretamente o pré-natal e as orientações do seu médico, esses cuidados ainda são a melhor forma de prevenção contra quaisquer complicações futuras.

Saiba mais sobre a pressão alta na gravidez com o vídeo do Youtube que o Mundo Mulheres separou para você:

Hipertensão na gravidez: quais os riscos? Dá para evitar?

Saiba mais sobre pressão alta

0 voto





Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. nunca tive pressão alta,no final da gestação agora aumentou já chegou a 16 minha pressão, quero saber se apos o parto eu continuarei tomando remedio de pressão? e ainda essa semana fiz uma ultrassom e minha placenta esta madura já estou com 36 semanas o que devo fazer? e o pior de tudo eu não sinto nada quando a pressão sobe só to um pouco inchada a face e minhas mãos as vezes fica dormecida isso pode ser um sintomas da pressão alta?

    leticia
    26/07/12 às 10:17 pm

X
Curta a página