Perguntas ao ginecologista sobre anticoncepcional

A todo momento surgem inúmeras perguntas ao ginecologista sobre anticoncepcional. Confira algumas respostas às principais questões.

Mulher com dúvidaA pílula é o método contraceptivo mais conhecido e usado pelas mulheres. Sua eficácia pode chegar a 99%, mas para que isso ocorra deve-se fazer o uso correto receitado pelo ginecologista. A pílula anticoncepcional é composta por dois hormônios, o estrogênio e a progesterona, que têm a função de inibir o amadurecimento dos óvulos para que não haja fecundação.

Por ser o método mais recomendado pelo ginecologista, gera muitas perguntas sobre sua composição, eficácia e uso correto, entre tantas outras. Confira abaixo algumas perguntas sobre anticoncepcional feitas frequentemente pelas mulheres.

         

Quando iniciar o uso de anticoncepcional?

Devido ao estilo de vida moderno, a menstruação tem acontecido cada vez mais cedo, assim como as relações íntimas. Esses fatores têm levado com frequência à gravidez precoce e indesejada, por isso o uso da pílula anticoncepcional na vida da adolescente é de extrema importância, mas deve ser iniciado sempre com a orientação de um médico.

Vale lembrar que além de evitar a gravidez, a pílula anticoncepcional ameniza os sintomas da TPM, diminui cólicas menstruais e até mesmo o fluxo da menstruação.

Adolescente segurando anticoncepcional

Como tomar anticoncepcional?

É importante que o anticoncepcional seja tomado corretamente para que haja eficácia contra uma gravidez. Deve-se tomar o primeiro comprimido da cartela de anticoncepcional no primeiro dia de sua menstruação, e assim consumir um comprimido por dia até a cartela acabar.

Quando a cartela acabar, deve-se dar uma pausa de 7 dias e no 8° dia iniciar uma nova cartela de pílula anticoncepcional. É comum que no 8° dia sua menstruação ainda não tenha parado, mas mesmo assim a pílula deve ser tomada. Lembrando de que este é o uso comum das pílulas de 21 doses. Cartelas diferentes podem variar.

Segurando cartela de anticoncepcional

O que fazer ao esquecer de tomar anticoncepcional?

É comum, principalmente nos primeiros meses de uso da pílula anticoncepcional, esquecê-la. Então, é importante que não se tenha relações íntimas com ninguém. Se o esquecimento da pílula for igual ou inferior a 12 horas, tome-a assim que lembrar. Mas se tiverem se passado mais de 12 horas do horário em que deveria ter tomado, preste atenção à quantidade de pílulas que ainda restam na cartela. Por exemplo: se há 7 ou menos, tome a esquecida e continue a tomar as outras no horário habitual.

Se ainda faltam 8 ou mais pílulas, não tome mais nenhuma e espere a menstruação descer para iniciar uma nova cartela. Uma boa dica para evitar o esquecimento da pílula é colocar o relógio ou celular para tocar todos os dias no mesmo horário.

Dia para tomar anticoncepcional

Efeitos colaterais do anticoncepcional

Os efeitos colaterais da pílula anticoncepcional podem variar muito de mulher para mulher, pois têm mulheres que são mais sensíveis aos componentes do anticoncepcional do que outras. Por isso, a procura por um ginecologista para indicar o melhor anticoncepcional para o seu organismo é muito importante.

Entre os efeitos colaterais estão retenção de líquidos e consequentemente o aumento de peso, seios inchados e doloridos, diminuição da libido, alterações de humor como agressividade, dores de cabeça fortes, sangramentos intermenstruais, náuseas e vômitos, entre outros sintomas.

Dor de cabeça

Vale lembrar que a pílula anticoncepcional previne somente a gravidez indesejada, portanto nunca dispense o uso da camisinha. Este sim é o único método seguro quanto à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Converse com seu ginecologista e faça as perguntas, pois existem vários outros métodos contraceptivos. Independentemente de qual escolher, cuide-se! Com saúde não se brinca.

Caso ainda tenha dúvidas sobre anticoncepcional, confira o vídeo Ginecologista online para tirar dúvidas do Portal Mundo Mulheres do Youtube:

GINECOLOGISTA ONLINE PARA TIRAR DÚVIDAS

Saiba mais sobre anticoncepcional e perguntas ao ginecologista

0 voto





Mais informações por email.


X
Curta a página