Pêlos encravados solução

Saiba o que é o pêlo encravado, quais os melhores métodos para amenizar e evitar este problema incômodo para muitas mulheres.

Mulher deitadaOs pêlos encravados podem incomodar muitas pessoas principalmente as mulheres, pois acabam impedindo-as de usar um biquíni, shorts, saias e vestidos mais curtos. Os pêlos encravam porque ao crescer encurva-se e penetra novamente na pele, gerando uma ação inflamatória mais conhecida como pseudofoliculite.

Este problema é facilmente percebido na pele, pois a região afetada forma lesões avermelhadas, inflamatórias, endurecidas e muitas das vezes vêm acompanhadas de pus por causa da contaminação bacteriana.

Os pêlos encravados são mais frequentes nas pernas, virilhas e axilas, sendo que nos homens podem se manifestar no rosto, pescoço e nuca. Saiba como resolver o problema dos pêlos encravados com as dicas do Mundo Mulheres.

O que causa pêlos encravados

Uma das grandes causas dos pêlos encravados é a depilação com a cera quente ou fria, e apesar de ser o método mais utilizado pelas mulheres porque apresenta resultado mais duradouro, causa mais pêlos encravados do que a lâmina e o creme depilatório. Isto acontece porque o pelo demora mais tempo para crescer, e quando ele vai tentar sair para a superfície através dos poros, encontra uma barreira que é a nova camada de queratina (proteína fibrosa que protege a parte externa da pele), e por isso o pelo encurva-se e penetra novamente na pele.

O atrito com roupas também é outro fator que causa os pêlos encravados, pois as áreas que ficam constantemente “tampadas” como as axilas e virilha tem uma maior tendência dos pêlos ficarem enfraquecidos, por isso não conseguem sair para a camada externa da pele e curvam-se causando a inflamação.

Depilação com a cera

Pêlos encravados o que fazer

Os pêlos encravados podem aparecer em qualquer área que seja depilada, sendo mais comum na virilha, perna, axila e glúteos. Algumas atitudes bem simples podem ser tomadas para evitar o seu aparecimento, e caso já tenha também é importante seguir as dicas para o seu desaparecimento.

A esfoliação é uma grande aliada

A esfoliação está em primeiro lugar para prevenir os pêlos encravados, porque ela remove todas as células mortas da pele deixando-a mais fina e assim facilitando a saída dos pelos. Mas é importante ressaltar que este procedimento não é recomendado para todas as pessoas, pois em alguns casos a esfoliação pode irritar a pele, podendo ser tão ruim quanto o pêlo encravado.

Mais sobre Pêlos encravados solução

Alternando a depilação

Caso você faça uso da cera quente ou fria e não a troca por nada à dica é alternar as depilações, ou seja, faça uma depilação com lâmina e depois com a cera e até mesmo com a linha egípcia. Alternando as depilações você irá descansar a pele da irritação causada pela cera, possibilitando que o pêlo cresça mais forte.

Hidratação nunca é demais

Manter hidratadas as regiões que têm mais tendência de ter pêlos encravados é sempre bom, pois a hidratação irá manter a pele mais fina e o pêlo irá sair com mais facilidade.

Evitar o uso de roupas apertadas

Tentar evitar o uso de calças muito apertadas assim como calcinha irá prevenir e ainda ajudar na diminuição dos pêlos encravados.

Depilação no sentido dos pêlos

Independente da técnica de depilação usada o recomendado é que seja feita no sentido do crescimento dos pêlos para que a agressão seja menor.

Depilação a laser

A depilação a laser é a melhor maneira para acabar com os pêlos encravados, mas como o seu valor é um pouco alto não é tão acessível.

Caso nenhum desses procedimentos tenham dado resultado o recomendado é procurar um dermatologista para uma melhor avaliação e nunca tentar remover os pêlos encravado, resista à tentação de cutucar a pele, pois assim você poderá piorar ainda mais a situação causando manchas e lesionando ainda mais a pele que já se encontra bastante sensível.

Saiba  mais sobre pêlos encravados



Relacionados com Pêlos encravados solução

Mais informações por email.

Comentar sobre Pêlos encravados solução

Destaque

Hábitos comuns que prejudicam a saúde íntima

Hábitos comuns que prejudicam a saúde íntima