Parto cesárea mitos e verdades

Saiba mais sobre o parto de cesária seus mitos e verdades na hora de dar a luz, fique sabendo de dicas importantes sobre a cesariana.


Hora do parto chegando

O parto de cesárea é caracterizado por um procedimento cirúrgico submetido às grávidas para retirada do bebê, através de um corte transversal feito no abdômen com cerca de oito a dez centímetros, dois dedos acima da região pubiana.  O corte feito abrange sete camadas até chegar ao útero, onde o médico retira o bebê cuidadosamente, posteriormente à placenta e por último os pontos para que o corte seja fechado. A recuperação da mãe no parto cesárea é bem mais lenta do que em qualquer outro tipo de parto, nos primeiros dias pode sentir dor ao rir, chorar, ficar de pé e até tentar erguer o corpo.

         

Muitas mulheres sentem dúvidas em relação ao parto cesárea e acabam confundindo as verdades com os mitos e vice e versa. Saiba mais sobre este tipo de procedimento.

Mitos e verdade sobre o parto cesárea

Este procedimento cirúrgico para a retirada do bebê é muito frequente no Brasil, sendo que ano passado 8 em cada 10 bebês nasceram em partos cesáreos em hospitais particulares, e 3 em cada 10 bebês no SUS – Sistema Único de Saúde. Este número está muito acima do que recomenda a Organização Mundial de Saúde, mas em alguns casos a cesárea é necessária. Saiba quais são os mitos e verdades sobre o parto cesárea.

Mulher grávida com as mãos na barriga

É mito pensar que o bebê pode ser enforcado pelo cordão umbilical caso o parto cesáreo não seja feito, pois durante todo o trabalho de parto o bebê é monitorado por um aparelho, por isso caso ele se enrole no cordão umbilical os médicos iriam ser os primeiros, a saber.

É verdade que no parto cesárea a mulher não irá sentir dor alguma, pois é aplicada anestesia. Porém seu pós-operatório é muito mais demorado e dolorido para a mulher.

É mito pensar que a cesariana irá interferir na musculatura genital, pois este procedimento acontece pelo corte na barriga, diferentemente do parto normal, em que há a possibilidade de rompimentos de fibras que ocasiona em um alargamento genital, mas que pode ser reparado posteriormente.

É verdade que os gastos em um parto cesárea em hospitais particulares são bem maiores que o parto normal, mas quando é realizado pela rede pública não há gastos nenhum para a gestante.

Também é mito achar que se optar pela cesárea na primeira gravidez não irá mais poder ter filhos de parto normal, caso a mãe e o bebê estiverem bem, poderá sim optar pelo parto normal.

Parto cesárea quando fazer

Apesar de o parto normal ser incentivado por uma séries de fatores, o parto cesárea é necessário em alguns casos, por exemplo, quando o bebê está sentado e de lado, a gestação é de três ou mais bebês ao mesmo tempo, a gestante possui alguma infecção que pode ser transmitida ao bebê no parto normal, problemas na coluna ou no quadril, pré eclampsia entre outros fatores de risco para a mãe e para o bebê.

Utrasom em mulher grávida

Seja por meio natural ou por cesárea o importante é que os filhos nasçam com saúde sem se preocupar com mitos e verdades, seja qual for a sua decisão em relação ao parto assuma com responsabilidade e consciência, não por medo ou comodismo. Vivendo intensamente esse momento tão especial que é o parto.

O canal do Mundo Mulheres no Youtube, você pode conferir mais detalhes sobre o parto cesárea mitos e verdades:

PARTO CESÁREA MITOS E VERDADES

Saiba mais sobre partos:

0 voto



Josi
19/10/10


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. eu estou gravida de 8 mês ..vou faz cesariana no mes que vem …minha preocupaçao é eu uso aparelho flixo nos dente ..tem algum problema com a nestezia e o aparelho..minha dentista falou que nao tem problema e agora o que eu faço …….me ajuda escarecer esta duvida!! espero uma resposta muito obrigada(o)

    valdineia
    24/02/14 às 7:01 pm
  2. Vítima da Cesariana Agendada

    Se pudesse, aconselharia todas as mulheres a optar pelo parto normal, ou pelo menos a passar pelo trabalho de parto antes de uma eventual cesárea.
    Sou uma vítima da cesárea agendada, aquela sem trabalho de parto e sem a menor consideração para com o bebê. Hoje, com 20 anos e depois de alguma leitura em artigos científicos a respeito, concluo que teria sido mais benéfico, e até mais ético, se minha mãe tivesse me abortado.
    Nasci antes do tempo, com 38 semanas, por conveniência de um médico insensível e pelo medo que minha mãe sentia da dor. Um paradoxo, pois ela relata que a dor do pós-operatório que sentiu, após a cesariana, foi muito mais cruel que a dor que sentiu em seu primeiro parto, que foi normal.
    Além de ter nascido com icterícia (o menor dos problemas) e dificuldades respiratórias, tive problemas de aprendizado no colégio e, principalmente, de socialização. Fui uma criança incompreendida, já que meus próprios pais me condenavam duramente por minhas limitações, e sofri de grave depressão, da qual só consegui me libertar há alguns meses com auxílio de acupuntura.
    “Então o homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas (…) a borboleta passou o resto de sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas.

    Ela nunca foi capaz de voar.” (A lição da borboleta, autor desconhecido)

    Chrysalide
    22/02/14 às 6:26 pm
  3. estou com uma ernia enguinal estou com medo porque tenho que fazer uma cesariana sera que e muito arriscado ja tive quatro filhos por parto normal e agora minha gravidez e arriscada de auto risco tenho que fazer cesaria esto com muito medo

    anajara almeida santos
    20/02/14 às 2:43 am
  4. Dizer que o parto cesariano tem recuperação mais demorada é um argumento antigo que não cabe mais hoje em dia. A medicina evoluiu. Hoje – exceto se houver inercorrências – uma mulher submetida a parto cesariano anda no dia seguinte SEM DOR, retira os pontos da pele em 7 dias e em 15 dias estpa fazendo absolutamente qualquer coisa que uma mulher normal estaria. PElo menos esta é minha experiência em aproximadamente 3.500 cesarianas.

    Heyder
    21/11/13 às 3:04 pm
  5. tive um parto por cesariana que já faz 10 meses por favor digam-me se já posso ter outro filho

    mequilina mario
    09/05/13 às 7:08 pm
  6. eu tive um parto cesariana a 11 mes estou gravida de 38 semanas quero saber se posso ter um parto normal

    hiara alves de oliveira
    26/03/13 às 12:20 am
  7. eu ja tive parto normal. queria saber quem ja fez os dois e qual o menos ruim??

    fernanda
    23/02/13 às 8:38 am
  8. Ja tive um parto cesariano, ha quase tres anos! Estou gravida de novo, e estou com mto medo de ter outra cesariana! Preciso me tranquilizar.

    josiana
    15/02/13 às 8:38 pm
  9. porque todos que eu tivi foro meninos quero tentar uma menina

    jackiline
    22/10/12 às 9:46 am
  10. eu tivi quatro cesariana poso ter mais um

    jackiline
    22/10/12 às 9:43 am
  11. eu tive um parto cesariana a três ano e estou gravida de trÊs meses quero saber posso der um parto natural?

    janaina
    11/06/12 às 1:03 pm

X
Curta a página