Os riscos da obesidade infantil

A obesidade é considerada uma doença crônica que mais prevalece na população infantil. Saiba quais são as causas e consequências.

Obesidade infantilEstudos realizados e divulgados através da Organização Mundial de Saúde apontam que a obesidade infantil já pode ser considerada um dos mais graves problemas de saúde a ser enfrentado no século XXI, e que a maior incidência vem ocorrendo nos países em desenvolvimento. A OMS informa que em 2010, havia aproximadamente 45 milhões de crianças obesas em todo o mundo, sendo que deste total 35 milhões viviam nos países emergentes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde o caso já pode ser visto como uma verdadeira epidemia. Ainda de acordo com os estudos realizados por essa Organização, a maior parte dessas crianças irão tornar se adultos obesos, com predisposição para desenvolverem varias doenças crônicas. Saiba as principais causas e consequências e o tratamento que se aplica a obesidade infantil.

Causas da obesidade infantil

São múltiplas as causas que contribuem para o aumento dos casos de obesidade infantil. Sendo que entre os principais motivadores estão os fatores genéticos, a ausência de atividades físicas regulares, alimentação de baixa qualidade nutricional ou a combinação de todos esses fatores.

Muito embora sejam raros, há casos em que o excesso de peso ocorre devido a algum problema hormonal. Ressaltando que nos países em desenvolvimento não existem políticas públicas voltadas para a educação alimentar, fator esse, que também ajuda a promover o aumento dos casos de obesidade entre crianças e adolescentes.

Menino comendo lanche

Consequências da obesidade infantil

Quando não tratadas, as crianças obesas podem apresentar graves problemas de saúde que tendem a se agravar com o passar dos anos. A obesidade infantil pode ser comparada a uma bomba relógio que pode explodir a qualquer momento. As consequências da obesidade são graves, e podem produzir doenças tais como: alteração do colesterol, diabetes, apneia do sono e pressão alta.

Além dos casos em que o excesso de peso produz o agravamento de outras doenças como, por exemplo, bronquite, asma e outras doenças respiratórias. Existem relatos médicos que apontam o sobrepeso como principal responsável por dores nas articulações, limitações físicas, conflitos psicológicos, ansiedade e depressão.

Obesidade infantil consequências

Obesidade infantil tratamento

Tratar a obesidade infantil requer paciência e muita perseverança por parte da criança e da família. Cabe aos pais promover mudanças na rotina da criança, incentivando a adoção de hábitos saudáveis que irão contribuir para a perda de peso. A alimentação equilibrada e ajustada em termos calóricos juntamente com a prática diária de exercícios físicos irá fazer parte da rotina diária da criança. Durante o processo de mudança de hábitos, a criança vai necessitar de muito apoio e motivação.

Mais sobre Os riscos da obesidade infantil

Não é algo para começar e parar depois de certo tempo, e sim um modo de vida a ser adotado para sempre. A prática esportiva deve ser algo prazeroso para a criança, do contrario não irá surtir os efeitos desejados, por isso é importante descobrir qual é o esporte que a criança realmente gosta. No inicio os exercícios devem ser moderados e adequados à condição física da criança. Algumas modalidades esportivas tais como o ciclismo, a natação e o pedestrianismo podem contar com a participação da família, o que irá servir de incentivo moral.

Balança

Caso a família encontre dificuldades em criar um programa de dieta e exercícios deve buscar a orientação de um nutricionista.

Quer saber mais sobre a obesidade infantil? Confira o vídeo do Youtube que separamos para você:

Saiba mais sobre a obesidade

Continue lendo

O que é obesidade?

O que é obesidade?



Mais informações por email.

Comentar sobre Os riscos da obesidade infantil

Destaque

Dieta da proteína como fazer

Dieta da proteína como fazer