Mudar a cor do cabelo

Escolha uma cor para seus fios que combine com seu tom de pele e olhos, procure ajuda de um profissional e arrase com as novas madeixas.

Mudar a cor do cabelo

Nós mulheres estamos constantemente mudando o visual, seja na maneira de se vestir, na forma como nos maquiamos e dentre as inúmeras possibilidades que temos o cabelo continua sendo a melhor opção, pois quando não recorremos a um novo corte, arriscamos em uma nova coloração e, essa é com certeza a melhor opção para quem busca uma mudança no visual sem radicalizar.
Os fatores que levam as mulheres a mudarem frequentemente a cor dos cabelos são os mais variados possíveis, muitas buscam uma aparência mais jovem, outras são influenciadas pela moda, algumas ainda mudam simplesmente porque gostam de estar diferentes, mas independente do motivo que te leve a mudar a cor das madeixas não se esqueça de seguir algumas recomendações básicas a fim de realmente conseguir o objetivo desejado, portanto confiram algumas sugestões passadas por especialistas no assunto:
Diante a tantas opções de marcas e produtos hoje facilmente encontradas no mercado, escolher a tonalidade certa a ser aplicada nos fios é com certeza a parte mais difícil, embora o primeiro passo seja procurar por um especialista, para que este avalie a textura e condições de suas madeixas, indicando inclusive a tonalidade mais conveniente ao seu tom de pele, geralmente ignoramos e decidimos escolher por conta própria, quando não aplicamos sozinhas a tintura em casa. Geralmente as embalagens de tinturas trazem um quadro explicativo em que mostram aproximadamente como ficará a cor da tintura escolhida em nosso cabelo, observar esse quadro poderá ajuda-la a visualizar se o resultado será o que você espera. Mas lembre-se antes de tingir as madeixas o mais aconselhável é consultar um profissional, pois uma coloração bem feita evita muitos danos aos fios.
Importante ressaltar que tintura não clareia tintura, portanto se você já tinge os fios e busca clareá-los saiba que antes é preciso fazer uma descoloração em salão. Jamais tente clarear as madeixas passando outra tintura por cima, pois o resultado poderá ser desastroso.
Devido ao crescente avanço das indústrias de cosméticos, que buscam cada vez mais diversificar seus produtos, oferecendo qualidade, hoje em dia quase não há restrições quanto à coloração, desde que respeitados os cuidados quanto à pré-coloração e desde que sejam bem aplicadas. Normalmente a insatisfação estética quanto ao tom natural do cabelo, seja da ala feminina ou masculina, é o que tem motivado muitas pessoas a tingir os cabelos, além dos incômodos fios brancos.
Existem dois tipos de coloração as chamadas permanentes e as temporárias e embora as duas possuam pigmentos artificias responsáveis pela coloração dos fios em suas composições, o que as diferem são a presença ou não de amônia e a quantidade de oxidentes presentes em suas formulações. Os tonalizantes são colorações temporárias, que tingem os fios superficialmente e saem facilmente durante a lavagem, não é indicado para quem tem muitos fios brancos, pois cobre somente 50% desses fios. O uso do tonalizante é indicado para aquelas que buscam apenas realçar a cor natural dos fios.
Já para aquelas que buscam uma mudança no visual são indicadas as colorações permanentes, pois elas agem na parte interna dos fios, por isso novamente frisamos a importância em se consultar um profissional antes para que não haja riscos a saúde dos fios, essas tinturas em muitos casos substituem a cor natural do cabelo e são indicadas para quem tem muitos fios brancos, pois seu efeito é mais duradouro.
Mudar a cor do cabelo não é algo tão complicado assim, porém exige cuidados redobrados na escolha da tonalidade e na forma de aplicação. A palavra chave quando o assunto é coloração das madeixas é moderação, afinal mudar radicalmente a cor do cabelo pode trazer algumas surpresas desagradáveis, por isso quando nos decidimos por uma coloração bem diferente da cor natural, o ideal é fazer essa transformação aos poucos, dessa forma vamos nos acostumando gradativamente com a nova cor.
Caso você não goste do resultado final, mesmo indo gradativamente na mudança da cor, nunca se precipite e passe outra coloração por cima, espere pelo menos três dias para ter certeza de que realmente não gostou e volte ao cabelereiro para uma nova sugestão, é importante fazer uma hidratação nos fios sempre após a coloração, para fortalecer o cabelo e repor os nutrientes perdidos e mesmo com esses cuidados é fundamental o uso de produtos próprios para cabelos tingidos que garantem a duração da cor por mais tempo.
E por fim lembre-se, quem tinge os cabelos deve ter o cuidado de retocar a raiz a cada vinte ou trinta dias no máximo, evitando assim um aspecto descuidado e desbotado, garantindo além de beleza, naturalidade, brilho e cor dos fios.

                       
Nenhum voto, seja o primeiro



Josi
18/05/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook