Labirintite sintomas e tratamento

Labirintite é o termo usado para distúrbios relacionados ao equilíbrio e a audição. Saiba mais sobre ela no Mundo Mulheres.

Labirintite

A labirintite como é popularmente conhecida, caracteriza-se por ser uma desordem do equilíbrio em nosso corpo que traz consigo outros problemas como tontura, vertigens e zumbidos no ouvido, uma doença que ocorre no labirinto, região que fica dentro do nosso ouvido, responsável pelo equilíbrio, postura e orientação do corpo. É importante ressaltar que o termo labirintite significa inflamação ou infecção no labirinto, uma doença que raramente se manifesta, portanto o termo labirintite é utilizado de forma equivocada, sendo que para doenças no labirinto o termo correto é labirintopatia.

                       

Os sintomas mais comuns da labirintite são os constantes desequilíbrios e uma frequente sensação de zonzeira, zumbido no ouvido, algumas vezes pode ocorrer movimentos involuntários nos olhos, sendo muito comum a perda total ou parcial da audição no ouvido afetado. Em alguns casos a labirintite ainda pode causar náuseas, ansiedade e uma terrível sensação de mal estar devido a um desequilíbrio de imagens, visto que o cérebro recebe sinais distorcidos do ouvido, porém o principal sintoma é a forte tontura. As causas da labirintite podem ser as mais diversas possíveis como disfunções hormonais, excesso de açúcar no sangue e até mesmo estresse elevado, quando tratada corretamente a labirintite tem cura na maioria dos casos.

Porém seu tratamento é um pouco complicado visto ser necessário identificar qual a causa da labirintite e como vimos podem ser várias, por isso recomenda-se procurar rapidamente um médico especialista ao perceber qualquer um desses sintomas, pois quanto mais cedo à doença for diagnosticada, maiores serão as chances de se curá-la rapidamente. Segundo os otorrinolaringologistas, a labirintite é uma doença que acomete em sua maioria mulheres, devido às variações hormonais, também há grande incidência entre os idosos, por ser comum a baixa resistência nessa faixa etária e raramente se manifesta em crianças devido à saúde invejável que possuem. Como as crises de tontura são frequentes, confira algumas dicas a fim de superá-las:

>> Ao sentir a tontura, procure sentar-se imediatamente em um lugar calmo e bastante ventilado.

>> Ao sentar-se mantenha sempre os olhos abertos e fixos em algum ponto.

>> Jamais abaixe a cabeça ou feche os olhos, a sensação torna-se pior.

>> Caso precise ajudar alguém que está em crise de labirintite, procure sentar a pessoa e jamais lhe dê qualquer medicamento, nunca coloque sal embaixo da língua e não lhe dê nenhum tipo de estimulante como café ou refrigerante.

>> Importante frisar que a labirintite não provoca desmaios, porém pode ocasionar quedas, por isso ao notar a crise a recomendação é sempre sentar-se até que ela passe.

Para quem sofre com a labirintite é importante evitar a ingestão de álcool e cafeína, também é imprescindível abandonar o cigarro. É indicado ingerir bastante água e repousar sempre que possível outra recomendação importante é jamais ficar muito tempo sem se alimentar ou fazer uso de dietas radicais, seguindo essas recomendações e alimentando-se a cada três horas é possível diminuir a intensidade das crises de labirintite. Quando tratada adequadamente, no verdadeiro mal da causa, a recuperação ocorre rapidamente, geralmente em torno de uma a seis semanas, variando com a intensidade da doença.

Deve-se dar grande atenção a pessoa que sofre com labirintite, pois geralmente são inseguras e ansiosas devido ao medo e insegurança que sentem ao sair sozinhas e caírem, como as crises podem comprometer as atividades mais comuns do dia a dia, tornam-se pessoas limitadas, o que ocasiona um grande impacto em suas vidas. Por isso a qualquer sinal de que algo não está bem, procure um médico, livrando-se do problema e tendo uma melhor qualidade de vida.

1 voto



Josi
25/03/11



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook