Gravidez cuidados com a pele

É comum a mulher sofrer várias alterações na pele durante a gravidez que vão desde manchas escuras no rosto até as terríveis estrias.

Cuidados com a pele na gravidez

Como é mágico na vida da mulher o período vivenciado na gestação, os cuidados, as informações novas, as sensações sentidas, toda a família se envolve a esperar o novo integrante que chegará a poucos meses. É comum nesse período surgirem muitas dúvidas com relação aos cuidados com o bebê e nos prendemos tanto a esses cuidados e informações que muitas vezes nos esquecemos, deixando de nos cuidar nesse período de grande modificação em nosso corpo, que influencia diretamente na pele e no cabelo. Uma dessas mudanças ocorre pelo aumento de progesterona no organismo que faz com que haja um aumento nas manchas de pele tanto escuras quanto avermelhadas, pintas e acnes, para combater esse problema lave o rosto com sabonete neutro de manhã e a noite e jamais se esqueça do protetor solar, mesmo nos dias em que vá permanecer em casa.

                       

É recomendável que não use produtos a base de ácido retinoico e glicólico, pois apesar de estudos mostrarem que absorção pela pele dessas substâncias são mínimas e que, portanto não apresentam perigos ao bebê, é bom não arriscar, para melhorar acnes e manchas na pele causadas pela gravidez use ácido azelaico que é cientificamente comprovado que não prejudica em nada o desenvolvimento do feto. Mas como sempre ressaltamos tudo que postamos são apenas dicas, portanto é de suma importância que se consulte um médico tanto um dermatologista quanto seu obstetra, somente esses profissionais poderão indicar os produtos mais seguros e recomendáveis durante a gestação.

Outra questão a se considerar é aumento de peso nesta fase, por consequência surgem estrias, celulites, varizes e o inchaço causado retenção de líquidos, para que isso não ocorra à alimentação deve ser equilibrada e saudável para não engordar além do permitido, já para evitar as estrias o segredo é a hidratação da pele, use cremes a base de ureia e óleos essenciais como o de amêndoas doce, avelã, calêndula, oliva, uva, logo após o banho em porções generosas, principalmente nas áreas mais propensas ao surgimento das estrias como quadril, abdômen e seios. Durante a gravidez os cabelos são muito beneficiados devido à diminuição da progesterona que faz com que a queda de cabelo diminua, deixando-os mais bonitos e volumosos, porém cerca de 3 meses após o parto é normal uma intensa queda de cabelos que tende a se normalizar após um ano.

Quanto ao uso de tinturas no cabelo durante a gravidez, o assunto ainda é bastante polêmico e discutido, o que são liberados são as tinturas tonalizantes e a hena, que não apresentam componentes químicos muito fortes e que são facilmente eliminadas através das lavagens, mas mesmo assim recomenda-se o uso somente após o terceiro mês de gestação. A gravidez é um período que exige atenção redobrada quanto aos produtos de beleza, pois nem tudo é conveniente e pode afetar o desenvolvimento do bebê, portanto é recomendável que se abandone a rotina de tratamento feita antes da concepção, use das dicas e consulte seu médico. Dessa forma você se manterá linda durante e após a gravidez.

1 voto



Josi
22/07/10



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook