Falta de desejo no casamento

 

Casal brigado

                       

Há muito tempo falar sobre sexo deixou de ser considerado um tabu, cada vez mais o assunto vem sendo explorado por médicos e terapeutas e talvez por isso, muitas mulheres sintam-se mais a vontade em buscar ajuda profissional quando o assunto é a falta de desejo sexual.

Segundo estudos, uma em cada dez brasileiras sofre com a diminuição ou desinteresse total pelo sexo, essa disfunção tem nome, Desejo Sexual Hipoativo, são mulheres angustiadas que não conseguem corresponder a seus parceiros, tendo que lidar com a perplexidade dos mesmos diante a súbita indiferença da mulher. Muitas vezes o problema não é físico, não são dificuldades em “funcionar” ou “chegar lá”, são muitas vezes problemas psicológicos como falta de ânimo, competitividade entre o casal, indiferença e infidelidade.

É comum em determinados momentos passarmos por períodos de recolhimento sexual, porém quando o desinteresse se estende por mais de seis meses é preciso buscar ajuda, pois há dois tipos de Desejo Sexual Hipoativo, o primeiro é caracterizado por mulheres que ao iniciar vida sexual nunca apresentaram desejo satisfatório, já o segundo pertence às mulheres que tinham uma vida sexual saudável e por algum motivo essa condição mudou, gerando o desinteresse e a perda da libido, essa segunda opção se enquadra a maioria das mulheres que ao perceberem que algo está errado devem buscar orientação profissional, é importante não ignorar o problema, pois deixar que o desejo e o sexo se diluam, se escondendo atrás de doenças, rotina, se perdendo entre labirintos de ressentimentos é abrir mão de vivenciar uma das experiências mais prazerosas e íntimas, é abrir mão do desejo de viver.

Quando diagnosticado o problema o tratamento pode ser feito através de psicoterapia, que em muitos casos apresenta um resultado imediato, podendo ser complementado o tratamento com uso de alguns medicamentos, quando necessário. Apesar de se falar muito sobre a importância do sexo na vida conjugal e até mesmo individual de cada um, o assunto ainda é envolto a muitos preconceitos e mitos, que precisam ser superados e reaprendidos, por isso a terapia sexual pode auxiliar muito, focando no desempenho do casal, levantando situações e questões que estariam causando essa dificuldade e o desinteresse sexual, como bloqueios e limitações.
Converse abertamente com seu parceiro e busque ajuda médica, pois o surgimento ou ressurgimento do desejo depende de uma colaboração entre corpo e mente.

Nenhum voto, seja o primeiro



Josi
05/11/10



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook