Exames de gravidez

No mercado podemos contar com exames de gravidez de farmácia e ainda o Beta HCG. Saiba mais sobre eles no Mundo Mulheres.

Exame de gravidez

Uma grande dúvida que assombra as mulheres é saber quando estão realmente grávidas, identificar os primeiros sintomas e saber como proceder para diagnosticar. Um dos métodos mais seguros para indicar se há gravidez ou não é através da dosagem do hormônio Gonadotrofina Coriônica Humana (HCG) realizado pela coleta de sangue colhido em laboratórios, esse hormônio é produzido pelo embrião após a sua concepção, e pode confirmar a gravidez já no primeiro dia de atraso menstrual.

                       

Há possibilidade de fazer o teste através da coleta de urina, porém são mais eficazes quando feitos com uma ou até duas semanas de atraso menstrual, para que não corra o risco de apresentar falsa negatividade, deve ser colhida a primeira urina da manhã por apresentar uma maior quantidade do hormônio.

Para as que fogem de agulhas e laboratórios, existem os testes de farmácia, que são fitas capazes de detectar hormônio HCG através da urina, apresenta maior risco de falso resultado se feito com um dia de atraso, mantém-se a orientação para realizar o exame contando mais de uma semana, caso apresente duas linhas coloridas, sendo uma mais fraca que a outra, deve-se considerar a gravidez.

Se você fez o teste através do sangue e não consegue entender o resultado, observe: Se o exame apresentar um valor inferior a 5 mIU/ml, você não está grávida. Se estiver entre 5 e 25 mIU/ml pode significar uma possível gravidez muito recente, recomenda-se nesses casos repetir o procedimento após 3 dias. Para os valores acima de 25 mIU/ml é confirmada a gravidez.

Fique atenta a alguns sintomas que podem indicar gravidez: O principal deles é o atraso menstrual, pois toda mulher fértil na ausência do ciclo por mais de uma semana pode cogitar uma possível gravidez. Para as que não apresentam ciclos regulares, torna-se mais difícil a identificação pela ausência menstrual. Outros sintomas bem comuns são as náuseas e vômitos, principalmente na parte da manhã.

Com a produção do hormônio HCG, tem-se um aumento de estrogênio e progesterona, isso gera um estímulo nas glândulas mamárias o que faz com que os seios fiquem mais doloridos, inchados, escurecendo os mamilos, também ocorre o cansaço, muito clássico em grávidas, essa fadiga se dá pelo aumento de progesterona. Devido às alterações renais pelo excesso de excreção de sódio, nota-se a frequente vontade de urinar.

2 votos



Josi
23/04/10



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.