Espinhas na gravidez é normal

Gravidez é uma fase de várias mudanças hormonais, vasculares e metabólicas. Veja como se cuidar e evitar espinhas na fase de gestação.

Acne e gravidez

É muito comum mulheres reclamarem do surgimento de espinhas durante a gravidez, aliás, é na gravidez que a mulher passa por situações e vê seu organismo e corpo se desenvolvendo de uma forma que ela nunca imaginou passar. Mesmo que muitas dessas mulheres nunca tenham tido casos de espinhas ao longo da vida, na gravidez elas podem sofrer com casos isolados ou em todo o rosto, colo e costa. Assim como algumas gestações não sofrem alteração nenhuma, pelo contrário os hormônios da gestação beneficiam sua pele.

Na gestação a mulher deve tomar certo cuidado com alguns produtos e de forma alguma consumir medicamentos contra a acne, em casos de mulheres que sempre tiveram problemas deste tipo e que na gestação houve um aumento, é preciso cuidar com produtos de limpeza e após a gravidez procurar tratamento adequado.

Espinhas na gravidez porque

A acne ocorre na gravidez porque há um aumento do hormônio progesterona, além disso sofrem outras alterações hormonais, causando o excesso de oleosidade na pele gerando, assim gerando as temíveis espinhas. Mas além das espinhas, a gestante pode sofrer com as manchas que a acne pode causar, por isso é preciso usar  protetor solar todos os dias, pois é ele quem irá roteger a pele do sol, evitando que as manchas apareçam.

Espinhas na gravidez 1

Espinhas na gravidez como tratar

Para tratar é preciso optar por produtos que não contenham acido ou outras substâncias que podem oferecer risco a mãe e ao bebê, existem no mercado produtos específicos para gestante, muitas vezes não é necessário um produto específico para acne, basta um bom gel de limpeza que ajude a fechar os poros e limpar profundamente, além do hidratante e protetor solar. O acido azelaico é um dos ácidos que podem ser usados neste período, mas o ideal é que seja com recomendação médica, ela além de diminuir a acne também atua como clareador da pele. Nunca esprema a espinhas e sempre limpe adequadamente e proteja a pele do sol, porque na gravidez há um aumento de hormônios o que facilita o surgimento de manchas irreversíveis.

Tratamento para as espinhas

Mais sobre Espinhas na gravidez é normal

Espinhas na gravidez como evitar

A prevenção está associada à limpeza correta da pele, além de utilizar produtos ideais para pele oleosa, evitar lavar o rosto na água quente, evitar usar adstringentes a base de álcool e proteger sempre o rosto do sol, porque ele também ativa a oleosidade do rosto causando mais acne.

É importante o acompanhamento médico e ainda não deixe de informar o seu obstetra sobre seu incômodo com as espinhas, ele certamente indicará o melhor produto, se caso utilizar algum produto que já conheça, o informe sobre a fórmula do produto para certificar-se de que não há risco nenhum, nesta fase todo cuidado é pouco.

mulher gravida de lado

Mulheres que já sofrem com a espinha uma dica que pode melhorar sua pele é investir em uma dieta rica em água  e alimentos saudáveis, muitas vezes a oleosidade da pele pode significar a falta de nutrientes do organismo.

Leia mais sobre gravidez



Mais informações por email.

Comentar sobre Espinhas na gravidez é normal

  1. estou com does mêses no meu estado normal eu ja tinha espinha agora que estou no estado de gestação é a mesma coisa,fico ouvindo por ai dizendo que quem tem muita espinha é sinal de menino será isso verdade?

    sabina
  2. eu estou achando q estou gravida ms nao sei se estou ms eu sinto uma dor no pe da minha barriga se eu estiver gravida é normal eu ter essa dor doutor ??

    mariana

Destaque

Cólicas de intestino o que fazer

Cólicas de intestino o que fazer