Doença de pele chamada vitiligo

O vitiligo é uma doença cutânea que causa a perda de melanina da pele resultando em manchas esbranquiçadas por todo o corpo.

Doença vitiligoO vitiligo é uma doença que vem sendo muito discutida nos últimos tempos, ela acomete homens e mulheres, porém com maior frequência em mulheres, causando constrangimento e problemas no convívio social. A doença é caracterizada por uma mancha esbranquiçada que ocorre devido à perda ou diminuição da produção de melanina (substância que dá cor a pele), aparecendo em algumas pequenas áreas e podendo ao longo dos anos se espalhar por mais áreas do corpo. Geralmente ele ocorre nas partes genitais, membros inferiores e superiores, cotovelo, joelho e na face.

Muitas pessoas acham que o vitiligo esta relacionado ao câncer de pele, mas não há relação alguma, na verdade a pele despigmentada é mais sensível e necessita de maior proteção quando há exposição solar inadequada, ou seja, nos horários em que o sol emite raios cancerígenos, caso contrario a pele com vitiligo necessita dos mesmos cuidados da pele pigmentada.

Doença de pele vitiligo causas

Existem três teorias que resumem as causas da doença vitiligo, a teoria auto-imune que classifica a formação de anticorpos que destroem o melanócitos que são as células que produzem a melanina. Outra teoria é a citóxica, aquela causada pela hidroquinona, uma substância que pode estar presente em tecidos e borracha causando a despigmentação da pele. E por fim a teoria neural que consiste no surgimento do vitiligo segmentar, aquela que ocorre sobre uma pinta destruindo as células que produzem melanina e aumentando a extensão da mancha ao longo dos anos.

Vitiligo em mulher

Doença de pele vitiligo sintomas

O sintoma da doença vitiligo é a evolução de manchas brancas pelo corpo, não há como prevenir e nem cessar o crescimento delas, acredita-se que a doença pode estar ligada a fatores genéticos, alguns tipos de anemia e o diabetes. O único dano que o vitiligo pode causar é o estético que pode interferir completamente na vida social, familiar e particular de uma pessoa, fora isso a doença não oferece risco a saúde.

Manchas esbranquiçadas

Doença de pele vitiligo tem cura

A cura ainda é muito estudada, há casos de pessoas que possuem a doença em pequenas partes quase imperceptíveis, estas podem voltar a pigmentar com a ajuda da fototerapia, pomadas e loções a base de corticoide. Quando a doença esta em mais da metade do corpo, é indicado à despigmentação total.

Algumas soluções podem amenizar o constrangimento social, como o uso de bases de cobertura media e alta e uso de hidratante tonalizante, estes produtos são recomendados para o rosto, o uso de autobronzeadores não funcionam, a pigmentação da pele sempre ficará diferente, o ideal é o uso de produtos que dão cor uniforme em todas as regiões.

Mais sobre Doença de pele chamada vitiligo

A exposição solar também faz parte do tratamento, lembrando que a pele sem pigmentação pode sofrer queimaduras graves, por isso o recomendado é a exposição ao sol em horários das 7 as 10 horas e após as 16 horas, nestes horários o sol não emite os raios que fazem mal a pele e causam o câncer, ele apenas vai nutrir a pele com vitamina D e dar pigmento, nas regiões manchadas no caso o sol ajuda as células a produzirem pigmentação.

Médico e paciente

Ao notar qualquer mancha esbranquiçada pequena em qualquer área do corpo é importante a procura de um médico para uma melhor avaliação.

Saiba mais sobre o que é a doença de pele vitiligo com o vídeo do Youtube que separamos para você:

Saiba mais sobre a doença vitiligo



Mais informações por email.

Comentar sobre Doença de pele chamada vitiligo

Destaque

Hábitos comuns que prejudicam a saúde íntima

Hábitos comuns que prejudicam a saúde íntima