Dieta para diabetes na gravidez

Entenda o que é diabetes gestacional, como ocorre e quais são os riscos que ela oferece a saúde da mulher e do bebê.

gravida-com-frutasRealmente a gravidez é um período de muita felicidade e transformações para a vida da mulher, mas nem tudo é um mar de rosas, há mulheres que não sabem mais têm uma tendência a desenvolver diabetes na gravidez. A diabetes gestacional ocorre quando o corpo não consegue produzir insulina suficiente e o nível de açúcar no sangue se altera.

Normalmente este tipo de diabetes ao contrário da comum, se normaliza após o parto. Por isso os exames mensais são de extrema importância para que seja garantida a saúde durante todo o período de gestação. Para conter este problema é necessário que a mulher mude seus hábitos alimentares durante a gestação, seguindo uma dieta adequada, de preferência receitada por um médico.

O que causa diabetes na gravidez

Medidor de diabetes

Mais sobre dieta para diabetes na gravidez

Durante o período de gravidez, o organismo feminino necessita produzir uma quantidade maior de insulina, isto para atender as necessidades da criança. Este problema pode ser detectado a partir da realização dos exames de pré- natal.

Conhecida também pelos médicos como diabetes gestacional, ou a intolerância a glicose durante a gravidez, o problema é causado principalmente pelos hormônios da gravidez, eles impedem que a insulina leve a glicose até as células.

Mas fatores hereditários também influenciam. Mulheres acima do peso, com mais de 25 anos, for hipertensa, ter líquido amniótico em excesso ou já ter perdido um bebê apresentam maiores chances de desenvolver a diabetes gestacional.

Riscos da diabetes na gravidez

Os principais riscos estão diretamente ligados ao bebê,  podendo sofrer o efeito anabólico da insulina, ser maior que o tamanho normal e ter os órgãos também em tamanho agigantado, e isso pode trazer diversos malefícios para esta criança como problemas de circulação, além de ter mais chances de desenvolver a doença diabetes e problemas respiratórios. Para a gestante os sintomas são o de boca seca, necessidade de urinar mais que o normal em uma gravidez, mal estar e quedas de pressão.

Dieta para quem tem diabetes na gravidez

Na maior parte dos casos não há necessidades da aplicação da insulina, 80% consegue manter as taxas apenas através da dieta. As frutas são bem vindas, inclusive com as cascas. As fibras também são muito importantes nessa dieta, assim como os alimentos integrais que devem substituir os carboidratos.Evite também gorduras e alimentos derivados do leite, opte pelas versões light, queijos brancos ao invés de amarelo, leite desnatado ou semi. Acrescente também a dieta cereais como aveia, quinoa e linhaça.

Não se esqueça da carne, é muito importante para o desenvolvimento do bebê, inclua carnes magras e brancas, principalmente peixe. Após a gravidez as tachas de insulina se normalizam, até uma semana depois do parto, a alimentação é o principal remédio para garantir sua saúde e a do bebê. Se não tiver contraindicações os exercícios físicos moderados também são recomendados. Consulte seu médico especialista, desta forma poderá fazer exames para obter o diagnóstico e o tratamento ideal.

A saúde é a maior preocupação da gestante, tudo o que se passa em seu organismo influência no desenvolvimento do bebê.

Assista ao vídeo e entenda um pouco mais sobre a diabetes gestacional, seus riscos e consequências:

Saiba mais sobre diabetes

02/10/13 por Natalia Fraga

   

Mais informações por email

Comentários

  1. Minha ultima menstruaçao foi em maio dia 21 d 2015,apesar que tomo injecaõ certa sempre descia,mas acontece que 5 meses depois nao desceu,fiz teste d farmacia deu negativo,o beta a mesma coisa.sendo que nao tenho císto e nem mioma e muito menos problema c hormonios.mas sinto enxaquecas,peitos doloridos,roupa apertada,poucas tonturas,varias mudanças d humor,dor na lombar e o abdomem inferior inchado.o que sera que realmente estou?!

    kakal

    22/09/15

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Instagram
YouTube
Facebook