Dieta do tipo sanguíneo

Com a dieta do tipo sanguíneo você será capaz de perder até 6 quilos por mês. Saiba mais sobre a dieta no Mundo Mulheres.

Dieta do tipo sanguíneo 1

Dentro todas as vaidades que compõem o universo feminino, dizem que um peso ideal e um corpo perfeito continuam sendo o sonho da maioria das mulheres. E nessa incessante busca, é preciso cuidado, pois a cada dia surgem novas dietas que prometem verdadeiros milagres em um curto espaço de tempo e, como sabemos que em matéria de emagrecimento milagres não existem é preciso prudência para não perder a saúde ao invés de quilinhos extras. Como emagrecer é para a maioria da população uma meta, muitos estudos são realizados a fim de contribuir de forma saudável com esse processo e com isso o naturata Peter D’Adamo descobriu que certos alimentos compatíveis ao nosso tipo sanguíneo podem ser determinantes para quem busca emagrecer, trata-se de um programa composto por um cardápio personalizado a cada tipo de sangue com alimentos considerados benéficos, nocivos e neutros.

O segredo para a dieta do sangue é incluir em nosso cardápio os alimentos considerados benéficos, que atuam como verdadeiros remédios em nosso organismo devido a sua ação protetora, prevenindo inclusive várias doenças e ainda nos conduzindo ao emagrecimento, cortar todos os alimentos considerados nocivos, pois além da má digestão que nos causam ainda desaceleram o metabolismo, resultando em mais peso. Já os alimentos neutros que são considerados como alimentos mesmo podem ou não ser consumidos, uma vez que não interferem no emagrecimento. Como a lista de alimentos direcionados a cada tipo sanguíneo é muito extensa, separamos as principais que devem ser consumidas e evitadas, confiram:

Mais sobre dieta do tipo sanguíneo

>> SANGUE TIPO O
É um dos tipos sanguíneos mais comuns, estima-se que cerca de 50% da população tenha esse tipo de sangue. Pessoas desse grupo têm necessidade de consumir carne todos os dias e para a digestão da proteína animal, produzem mais suco gástrico que o normal. Esse suco gástrico produzido em abundância os torna mais propensos a sofrerem com problemas estomacais como a gastrite e úlceras e apresentam dificuldades na digestão de lactose e seus derivados. Como alimentos benéficos, incluam em seu cardápio carnes bovinas, podendo variar com a de cordeiro e também avestruz, peixes e frutos do mar como linguado, salmão e bacalhau fresco são os mais indicados. Para as frutas optem por figo e ameixas frescas ou secas, pretas ou vermelhas. Como há dificuldade na digestão da lactose opte por leite de soja, mussarela e tofu.

Evitem totalmente carnes de porco, toucinhos e presuntos, frutos do mar como salmão defumado e caviar, frutas como morango, coco, amora e laranja, verduras como repolho e berinjela, derivados do leite como iogurtes, sorvetes, creme de leite e leites integrais ou desnatados e a maioria dos queijos, cereais, massas e pães que contenham aveia, trigo, semolina e cuscuz, assim como o milho, champignon também não são bem vindos. Para esse grupo sanguíneo, são considerados alimentos neutros o atum, vinho tinto e ovos. Se quiser estimular a perda de peso invistam em alimentos como brócolis, couve manteiga, peixes e frutos do mar e também carnes vermelhas.

>> SANGUE TIPO A
Cerca de 38% da população pertence a esse grupo sanguíneo, que apresenta aparelho digestivo mais sensível, por isso produzem menos suco gástrico, o que dificulta consideravelmente a digestão de proteínas e gorduras de origem animal, por isso conseguem se adaptar melhor aos vegetarianos. São propensos a doenças do coração, diabetes e ao câncer. Como alimentos benéficos invistam em carnes de frango, peru e avestruz, peixes e frutos do mar como salmão, bacalhau fresco, truta e sardinha. Para as frutas as mais indicadas são ameixas, abacaxi, amora, damasco, cereja e limão. Consuma preferencialmente leites e queijos de soja e tofu. Brócolis, espinafre, cenoura e cebola também são benéficas ao seu organismo.

Evitem totalmente carnes de boi, porco, cordeiro e carneiro, polvo, caranguejo e camarão, também derivados do leite como requeijão, manteiga, sorvete, leite e creme de leite, frutas como laranja, banana, mamão papaia, coco e manga, berinjela, tomate e repolho. Farinhas como a branca e de trigo também não são recomendadas, assim como o pão integral e a cerveja que podem trazer sérias consequências ao organismo, além de contribuir para o aumento de peso. São considerados alimentos neutros o arroz, aveia em flocos, aves e vinho branco. Para estimular a perda de peso consuma verduras, feijão e diversos pratos de soja, abacaxi e óleos vegetais.

>> SANGUE TIPO B
Dentre todos os tipos sanguíneos é o único que apresenta facilidade na digestão de laticínios, porém não ocorre o mesmo com carnes de frango e estima-se que cerca de 10% da população pertence a esse grupo sanguíneo. Como alimentos benéficos invistam em peixes e frutos do mar como bacalhau, sardinha, salmão e truta, como não digerem carne de frango consuma preferencialmente carnes de carneiro e cordeiro. Para os laticínios, leites, iogurtes, ricota e mussarela são as melhores opções. Para as frutas ameixa, abacaxi, uva, mamão e banana. Consuma também beterraba, repolho, brócolis, couve, cenoura, ovos, arroz integral e chá verde.

Para os alimentos considerados nocivos evitem carnes de frango e porco, camarão, lagosta, ostra, anchova, caranguejo, ostra, queijo fundido e requefort e sorvetes que contenham leite em sua composição, carambola, coco, romã, caqui, alcachofra, azeite e tomate, farinha de trigo, milho e centeio e refrigerantes devem ser totalmente evitados. São considerados alimentos neutros a carne bovina, vinho e granola. Para estimular a perda de peso invistam nos derivados de leite com baixo teor de gordura, ovos, verduras, carnes e chás de alcaçuz.

>> SANGUE TIPO AB
Apenas 4% da população são pertencentes a esse grupo sanguíneo que nasceu da mistura do tipo A e B. Apresentam aparelho digestivo sensível, por isso necessitam de alimentos em porções bem misturas, porém equilibradas. Para alimentos nocivos consumam carnes de carneiro, peru e cordeiro, atum, bacalhau, sardinha, truta e cavala, que são ótimas opções para peixes e frutos do mar. Para os laticínios optem por coalhadas, ricota, queijo cottage, mussarela e iogurtes. Invistam em frutas como uva, abacaxi, ameixa, kiwi, cereja e figo, também verduras como pepino, aipo, couve, alho, brócolis, beterraba e berinjela, além de arroz e chá verde.

Exclua do seu cardápio alimentos considerados nocivos como carnes de frango, boi e porco. Peixes e frutos do mar como linguado, anchova, camarão, siri e caranguejo, laticínios como leite integral, queijos como provolone e parmesão e creme de leite. Frutas como manga, banana, laranja, caqui e goiaba. Verduras como rabanete, alcachofra, pimentão, milho verde e nabo. Também feijão, café, cereais matinais, amido de milho e farinhas de milho e cevada. São considerados alimentos nocivos o óleo de linhaça, leite desnatado e cação. Para estimular o emagrecimento consuma produtos do leite, tofu, abacaxi, peixe e couve manteiga.

Agora é só combinar o cardápio ao seu tipo sanguíneo, fazendo com que seu organismo trabalhe melhor e a seu favor. A dieta do tipo sanguíneo, não exige sacrifícios e nos permite alimentarmos de forma moderada, sem o corte radical de calorias, já a variedade dos alimentos nos permite montar um cardápio variado para as refeições. Através da dieta do tipo sanguíneo é possível emagrecer de forma saudável, evitando ainda a retenção de líquidos, o inchaço e as terríveis gordurinhas localizadas.

Saiba mais sobre dieta

29/03/11 por Josi

   

Mais informações por email

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Instagram
YouTube
Facebook