Cuidados com o recém-nascido

É comum pais principalmente de primeira viagem sentirem dúvidas quanto aos cuidados com o recém-nascido. Confira algumas dicas.

Cuidados com recém nascidoA chegada de um bebê em casa sempre é motivo de muita alegria e comemorações, pois foram longos noves meses de espera e muita ansiedade. Também é comum surgirem muitas dúvidas em relação aos cuidados com o bebê, principalmente quando são pais de primeira viagem. As dúvidas são muitas em relação ao novo integrante da família como, por exemplo, a hora da amamentação, cuidados com o umbigo, como dar banho, o que fazer para aliviar as cólicas entre muitas outras que vão surgindo com o decorrer do tempo.

Existem vários cuidados que os pais devem ter, alguns aprendem na prática com experiências não tão agradáveis, outros preferem se garantir com cursos de novos pais e também aqueles que contam com a ajuda de quem já teve a experiência.

Cuidados com o recém-nascido no banho

A hora do banho para algumas mamães pode ser a melhor hora, o momento em que ela fica com seu bebe nos braços, pode ser muito agradável ou não. Isso porque o bebê na hora do banho pode se irritar ou quando não há um nível de água suficiente ele pode se sentir inseguro, o mesmo ocorre quando a água não esta na temperatura ideal.

A temperatura ideal deve ser entre os 36 a 38 graus, além disso, o nível da água deve ser o suficiente para que o bebê se sinta coberto, como a temperatura de seu corpo esfria rapidamente ele sente muito frio se esta com o corpo fora da água. Não deixe seu bebe sozinho na banheira em hipótese alguma, mesmo que esteja apoiado e aparentemente seguro, se tiver que sair de perto o enrole na toalha e leve com você.

Não é necessário muitos produtos para o banho de um recém-nascido, muitas vezes só o banho com água já basta, a não ser que ele tenha feito coco, utilize um sabonete neutro com perfume suave. Não se esqueça de preparar tudo para o banho, deixe a roupa, a toalha e tudo o que for precisar por perto, para não deixar seu baby um minuto sequer sozinho.

Recém nascido tomando banho

Cuidados com o recém-nascido umbigo

O umbigo dentro do útero é a principal ligação entre mãe e filho para o transporte de nutrientes e oxigênio. Após o nascimento ele permanece de dez a vinte dias com o bebê, por isso alguns cuidados são necessários para uma boa cicatrização. Existem muitos riscos de infecção através do umbigo, como o tétano, pois o recém-nascido ainda esta em fase do desenvolvimento de imunidade seu organismo é muito sensível. Lave sempre as mãos antes de tocar no umbigo, utilize um cotonete com álcool 70% para limpar, em casos de contato com o coco ou xixi, utilize água e sabão antes do álcool, não coloque nenhuma faixa e nem o pressione.

Bebê deitado

Cuidados com o recém-nascido no aleitamento materno

O aleitamento materno é o sonho de praticamente todas as mulheres, nestas horas algumas técnicas são necessárias para garantir que seu bebê se alimente corretamente. A melhor posição para o bebe é de frente para a mãe, de lado o seio não fica completamente dentro da boca e pode vasar e ainda o bebe não conseguir sugar, a almofada de amamentação pode ser uma grande aliada já que ela garante a posição do bebe sem que force a coluna da mamãe.

Mais sobre Cuidados com o recém-nascido

Não o deixe completamente deitado, mantenha na posição inclinada, para que não se afogue ou venha espirrar ou tossir. Tenha sempre um lenço ou fralda por perto para limpar seu bebê caso vase leite. Não se esqueça de fazê-lo arrotar após as mamadas, é muito importante, o mantenha com a cabeça elevada e não o balance, pode correr o risco de voltar o leite.

Amamentação correta

São dicas simples, mas que fazem a diferença na saúde do bebê, além de tomar todos os cuidados curta esta fase tão emocionante da família.

Quer saber mais sobre os cuidados com o recém-nascido? Confira o vídeo do Youtube que separamos para você:

Saiba mais sobre cuidados com o recém-nascido



Mais informações por email.

Comentar sobre Cuidados com o recém-nascido

Destaque

Ansiedade excessiva na infância

Ansiedade excessiva na infância