Como acalmar um bebê

Como acalmar um bebê

Infelizmente não existe uma fórmula mágica para as mamães desesperadas com o choro insistente de seus filhotes. Antes de se desesperar pensando que possa estar acontecendo algo anormal com seu bebê ou com você, saiba que a situação que está vivenciando não é exclusiva, muitas mamães passam por isso, pois afinal todo bebê chora. Não há outra saída, os bebês choram, pois não sabem se comunicar de outra maneira, por serem totalmente dependentes choram para conseguir o que desejam. No começo, principalmente as mamães de primeira viagem, podem ser desesperar, principalmente por não saberem identificar a causa do choro, mas fiquem tranquilas, com o passar do tempo logo saberão distinguir melhor cada choro, atendendo o desejo do pequeno mais rápido, evitará que o choro seja prolongado.
Geralmente os bebês choram quando estão com fome, frio, calor, sede, tédio, dor e quando querem colo, a medida que vão crescendo vão descobrindo outras formas de se comunicar conosco, o que reduz a choradeira, caso eu bebê não pare de chorar, acompanhe a lista abaixo com as possíveis causas que podem estar ocorrendo, confira:
Para os recém-nascidos o motivo mais comum para o choro é a fome, porém isso não acontece nos dois primeiros dias de vida, pois nessa fase os pequenos quase não se alimentam, percebam pela pouca produção do colostro, note que o leite materno em si descerá somente no terceiro dia, portanto se o bebê chorar tente oferecer-lhe o peito, seu estômago ainda é muito pequeno por isso não aguenta uma quantidade de leite muito grande, o que resultará em muitos choros durante o dia, em alguns casos o bebê pode não parar de chorar de imediato assim que começar a mamar, mas quando o estômago dele for se enchendo irá se acalmando, agora se seu bebê está de barriguinha cheia e mesmo assim chora é bem possível que seja o próximo item.
Bebês gostam quando se sentem confortáveis, portanto atenção a fraldinha! Alguns não reclamam da fralda suja, outros não suportam, principalmente quando estão com a pele irritada. Aproveite e observe se a roupa não o está apertando demais.
Alguns bebês detestam ficar pelados, pois em geral não estão acostumados a sentir o ar em contato com a pele, muito cuidado com o exagero nas roupas, sei que a intenção é deixá-los sempre lindinhos, porém algumas roupas podem incomodá-los a ponto de sentirem frio ou calor, uma dica simples é observar as suas roupas e deixar os bebês com um pouco mais em relação a sua, por exemplo, se está vestida de camiseta e shorts, deixei-o com um macacãozinho comprido, se estiver vestindo calça comprida e blusa, coloque nele body, mijão e macacão, outra dica é verificar a temperatura do bebê através da barriga dele, se estiver suando ou quente é sinal de que está agasalhado demais, se estiver fria, pode estar sentindo frio.
Se não é fome, se a fralda está sequinha e mesmo assim seu bebê não pára de chorar é possível que esteja querendo um “colinho”, muitos bebês choram, pois precisam da segurança do colo da mãe, quando mais velhos isso não ocorre, uma vez que sentem-se seguros somente em vê-la ou ouvi-la, não tenha medo de “estragar” seu bebê oferecendo seu colo a ele, o que ele precisa é da segurança do contato físico.
Logo que chegam à nova casa, iniciam-se as visitas, agitação, excesso de estímulo, barulho de vozes, o passar de colo em colo, tudo isso pode deixar seu bebê muito agitado e irritado, o resultado um chororô de dar medo, calma, muitas vezes ele só está tentando dizer chega!
Experimente levá-lo a um lugar calmo, tranquilo, coloque uma música bem baixa e relaxante, é possível que ele não pare de chorar imediatamente, mas reduzindo a agitação ele irá se tranquilizar e dormir.
Quando seu bebê sentir dor ele chorará de forma diferente, é um choro mais desesperado, gritado, pode ser cólicas, que são normais e frequentes nos 3 primeiros meses, é uma parte difícil e a família inteira pode sofrer e ficar estressada, por mais difícil que pareça tente se concentrar que isso irá passar, para acalmá-lo faça massagem com movimentos circulares em sua barriga por alguns minutos, isso poderá aliviar os gazes, segure-o bem perto de você,no colo, de forma que ouça seu coração, isso costuma ajudar e tranquilizar.
São dicas simples com intuito de ajudar as mamães a acalmar o choro do seu bebê, mas lembrem-se ninguém conhece melhor o seu filho do que você própria, caso perceba algo de errado, procure um médico, pois somente ele poderá tranquilizá-la quanto a possíveis problemas de saúde, aos poucos o chororô irá passar, tranquilidade e calma são as palavras chaves nesse momento.

                       
Nenhum voto, seja o primeiro



Josi
17/08/10



Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook