Chinelos customizados passo a passo

O chinelo customizado está super na moda e por isso o Portal Mundo Mulheres separou o passo a passo de como customizar o seu.

Chinelos customizados

Em se tratando de moda algumas peças são consideradas clássicas, por isso nunca sai de moda, o mesmo acontece com os chinelos, nada mais prazeroso do que após um exaustivo dia de trabalho, livrar-se do salto alto e relaxar os pés. As sandálias de dedo tem se tornado preferência e estão cada vez mais populares, diante disso muitas empresas vêm investindo em modelos cada vez mais fashion e criativos, atendendo aos mais variados estilos. Apesar de ser considerado um look informal não precisamos andar desarrumadas, short, camiseta e sandálias de dedo é uma combinação perfeita, além do que você também pode customizar sua sandália, deixando-a ainda mais estilosa, com um toque e um charme a mais. As possibilidades são inúmeras, você pode customizar sua sandália aplicando lacinhos, florzinhas, forrando com tecidos. Segue aqui uma sugestão passo a passo de uma customização super bacana de uma sandália Havaiana, confira:

                       

>> Você precisará além do chinelo, ter um retalho de tecido preferencialmente de lycra medindo 30 por 30 cm, uma dica é ter estampa de bicho, que está super em alta no momento. Precisará ter também termolina que é um impermeabilizante para tecido, cola de tecido á base de resina e solúvel em água, uma lixa, agulha e linha.

>> De posse do material vamos ao processo de confecção:
Retire as tiras do chinelo da base. Lixe a superfície para que esta ganhe um aspecto mais poroso, agora com o solado virado para cima, você riscará o tecido usando um lápis com ponta macia, com a ajuda de um pincel passe a termolina na margem do risco feito e aguarde até que fique completamente seco, logo após corte seguindo o risco. Agora passe a termolina no lado direito do tecido e aguarde até que seque. Na base do chinelo passe uma camada de cola e aguarde uma pré-secagem, não espere a base secar completamente e passe novamente uma camada generosa de cola, o suficiente para umedecer o tecido, vá arrumando o tecido sobre a base, porém com muito cuidado sem apertar demais para que a cola não escorra da base.

Agora vamos preparar as tiras do chinelo. Corte quatro tiras de 3,5 cm por 15 cm do tecido que queira usar nas tiras, importante ressaltar que deve ser de lycra, por ser um tecido que estica. Feche no comprimento fazendo uma dobra de 0,5 cm em uma das pontas, esse processo facilitará o acabamento, agora com a ajuda de uma pinça ou um alicate de ponta longa, deixe a ponta com a dobra para frente e vá forrando as tiras do chinelo, você terá que uni-las na direção da costura que é a ponta com a dobra feita, para costurar a dica é usar o ponto invisível que dá um acabamento melhor e fica mais bonito. Usando uma agulha grossa e quatro fios de linha, você passará pelo tecido, pela tira do chinelo, voltando para o tecido, dando algumas voltas em torno da tira, por fim arremate.

Para colocar as tiras no chinelo, você passará um pouco de termolina nos furos da base, aguarde a secagem e abra os furos usando uma tesoura ou ponta de metal quente. Aguarde a secagem total da cola, esse tempo é muito importante para o resultado final. Depois de completamente seco, para fixar ainda mais a cola, pré aqueça um ferro de passar roupa na temperatura de algodão, use um pano para proteger a base da sandália, evitando assim sujar o ferro. Coloque o pano sobre a base de cinco a seis segundos. Espere esfriar e monte a Havaiana que você mesma acabou de fazer.

Desejando você poderá variar quanto à customização das tiras, colocando laços, flores ao invés de revesti-las de tecido ou também acrescentando esses mesmos itens sobre o tecido das tiras. Além de criar uma sandália única e exclusiva, a customização pode se tornar uma excelente fonte de renda, além de ser também uma terapia. Gostou? Então mãos a obra, deixe a criatividade fluir e crie novos modelos!

Nenhum voto, seja o primeiro



Josi
05/01/11


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook