Banho do bebê recém nascido

O banho do recém-nascido é um dos momentos que mais afligem os pais, principalmente os de primeira viagem. Veja dicas do banho.

Banho em bebê

Seu bebê chegou! Agora tudo é adaptação e uma das maiores dificuldades encontrados pelos pais é justamente o banho do bebê, a inexperiência faz gerar muitas dúvidas, como que produtos usar, qual temperatura ideal da água, como cuidar do cordão umbilical, como lavar sua cabecinha sem deixar cair sabão em seus olhos, como segurar aquela criaturinha tão frágil que chora desesperadamente, enfim, o banho com certeza é um momento de coragem e equilíbrio, sem contar o medo do bebê escorregar.
Para ajudá-la a enfrentar e superar essas dificuldades iniciais preparamos esse guia com tudo que você precisa saber para tornar o banho gostoso e saudável, confira:

Preparando o banho

Os bebês não podem ficar muito tempo sem roupinhas, nem antes nem depois do banho devido à friagem, nem podem ficar na banheira esperando você pegar a toalha que esqueceu, por isso o primeiro passo é organizar o espaço e deixar tudo a mão. Organize todos os produtos que usará durante o banho e certifique-se que estejam próximo a você. O ideal é trocar o bebê no mesmo ambiente em que der banho, evitando assim mudanças bruscas de temperatura. No trocador deixe a roupinha que usará, gaze, fraldas, deixem mais de uma fralda a mão, pois imprevistos podem acontecer como a fralda estar com defeito ou o fecho se romper, pomada contra assadura e algodão, antes de começar a tirar a roupinha do bebê certifique-se que esteja tudo arrumado e sinta a temperatura da água. Mesmo em dias mais quentes, mantenha portas e janelas fechadas para evitar correntes de ar, quanto ao horário, é recomendado banhar seu filhote nas horas mais quentes do dia, ou seja, entre as 11h00min e às 15h00min, o ambiente deve ser sossegado com horário certo, que deve ser mantido como rotina. Quem vai dar banho, deve estar atento a higiene das mãos, retire pulseira, relógio, anel e deixe as unhas sempre bem curtas para não ferir a pele sensível do bebê.

Temperatura da água

A temperatura ideal deve variar entre 36º e 37º graus, para medi-la existem alguns termômetros específicos, caso não tenha um meça a temperatura usando a parte inferior do seu antebraço, devendo a água deve estar morna, não há necessidade de encher demais a banheira, o ideal é que água bata no umbigo do bebê.

Segurando o bebê

A maneira como você o segurará é muito importante, leve em consideração a posição da banheira que deve estar numa posição confortável para você, passe seu antebraço esquerdo pelas costas do bebê, de modo a apoiar a cabecinha em seu antebraço, segure-o firme, porém não e necessário força, com a mão direita envolva o bumbum e as coxas do bebê e somente solte quando ele estiver sentindo-se seguro e confortável na água, inicie o banho lavando seu rostinho por primeiro, depois ensaboe e enxágue o resto do corpinho, após lavar a parte da frente, use a mão direita que está livre para virá-lo de bruços, agora seu antebraço esquerdo irá apoiar o peito e o rosto do bebê, ficando a mão esquerda presa embaixo do bracinho dele, para lavar a cabecinha a dica para aquelas que não têm muita experiência é retirá-lo da banheira, envolvendo-o numa toalha para não sentir frio, então o incline sobre a banheira segurando seu corpinho com a mão esquerda, deixando a direita livre, comece jogando pequenas quantidades de água de frente para trás, cuidando para que não entre em seu ouvido, use uma pequena quantidade de xampu, não é necessário esfregar ou massagear a cabecinha, basta passar a mão levemente, enxague até retirar todo o produto.

Cuidados com o umbigo

Nos primeiros dias o cordão umbilical deve ser higienizado somente com álcool 70%, sempre depois do banho com o bebê já seco e vestido com a parte superior da roupa, o cuidado maior deve ser com sua secagem, pois assim seco, ele cairá mais rapidamente.

Mais sobre Banho do bebê recém nascido

Informações adicionais

Lembre-se de secar bem suas dobrinhas para não ficarem avermelhadas, seque também dedinhos e orelhas. Quanto aos produtos utilizados para higiene do bebê, estes devem ser à base de glicerina sem perfume até os seis primeiro meses.
Não se desespere com o choro, pois é natural alguns bebês sentirem-se desconfortáveis na hora de despi-los para o banho, assim que sentirem-se confortáveis e seguros o choro passa, é importante conversar com seu filhote durante todo o momento que envolve a hora do banho, acalmando-o e acalantando-o com carinhos, geralmente após o banho os bebês ficam mais relaxados, mamam melhor e dormem por períodos mais prolongados.

A higienização do seu bebê é de extrema importância e com o passar do tempo vai se criando um vínculo de confiança, tornando a hora do banho um dos momentos mais agradáveis e prazerosos do dia.




Josi
05/11/10

Mais informações por email.

Comentar sobre Banho do bebê recém nascido

Destaque

Ansiedade excessiva na infância

Ansiedade excessiva na infância