Axilas e virilhas escuras

Axilas e virilhas escuras

As axilas assim como as virilhas e coxas escurecidas são com certeza as piores inimigas de biquínis e decotes e na guerra por clareá-las muitas recorrem a diversas receitinhas caseiras que muitas vezes pode vir a piorar a situação, deixando essas regiões já escurecidas com manchas maiores e mais escuras.
É preciso prudência e atenção as receitas caseiras, visto que muitas não funcionam e ainda podem comprometer a saúde, como o limão, por exemplo, um poderoso ácido que quando exposto ao sol queima a pele provocando graves lesões, assim como a mistura de fubá e aveia, dadas à espessura do granulado, podem ferir a pele provocando um escurecimento ainda mais intenso.
Por serem localizadas na parte interna dos membros, axilas, coxas e virilha sofrem mais atrito em relação a outras partes do copo, o que causa mais irritação e hiperpigmentação nessas regiões, como defesa a essa agressão sofrida pelo atrito, a pele cria uma camada espessa que com o passar do tempo tende a escurecer, outros fatores podem levar ao escurecimento dessas regiões como irritações ou alergias provocadas pelo uso de cremes, assaduras e depilação com lâmina.
Outro fator determinante está relacionado quanto à tonalidade da pele, visto que o escurecimento é proporcional ao seu tom de pele, portanto peles morenas tendem a escurecer mais em comparação a peles claras, tornando assim as manchas mais evidentes e incômodas.
Pessoas que se encontram acima do peso, sofrem mais com o escurecimento dessas regiões devido ao excesso de gordura, com isso a irritação e o atrito são mais frequentes, gerando maior desconforto. Para essas pessoas a dica é usar roupas soltas, preferencialmente de tecidos macios e leves que evitam o atrito, descarte as peças que aderem ao corpo.
Para quem sofre com este problema, existem diversos tipos de cremes e tratamentos específicos, porém segundo os dermatologistas não devem ser usados indevidamente e por conta própria, é preciso antes uma avaliação médica, pois é preciso conhecer bem seu tipo de pele para não aumentar ainda mais a pigmentação nos locais já escurecidos, o que dificulta ainda mais a remoção.
Para eliminar o problema uma boa alternativa são os clareamentos feitos com laser, ácidos clareadores, despigmentadores e peelings superficiais, que auxilia na remoção de células mortas, não agredindo a pele, quanto ao melhor tratamento, este varia de acordo com cada caso e hiperpigmentação da pele, por isso ressaltamos a importância em se consultar um especialista, pois somente ele poderá indicar o tratamento mais seguro e eficaz a cada caso.
Prevenir ainda é o melhor remédio contra o escurecimento dessas regiões, por isso algumas dicas que ajudarão a evitar esse terrível incômodo:
Jamais use cremes ou desodorantes a base de álcool, opte por depilação feita com cera ou a laser, evitando ao máximo a depilação por lâmina, use cremes específicos ao seu tipo de pele e abuse da hidratação nessas regiões, prefira roupas leves e menos coladas ao corpo, como o sol intensifica ainda mais o problema, nunca saia de casa sem protetor solar. Previnam-se, evitem o escurecimento e o constrangimento provocado pelas manchas escuras.

         
0 voto



Josi
09/11/10




Vídeos Relacionados

Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Nossa isso é um terror acredito que para todas as mulheres que tem esse problema…
    Pelo ammor de deus me der uma soluçao para esse problemao

    kelly
    08/08/11 às 2:00 pm

X
Curta a página