Alimentação para gastrite e refluxo

Saiba qual é a diferença entre gastrite e refluxo, e confira dicas de como se alimentar corretamente para se prevenir desses problemas.

mulher segurando prato de salada

É comum às pessoas encontrarem certa dificuldade em diferenciar a gastrite e o refluxo, e isso ocorre devido ao fato de que as dietas a serem seguidas em ambos os casos são quase idênticas, ou seja, alguns alimentos podem ser consumidos e outros não. Entretanto existem grandes diferenças, a começar pelos sintomas e também pelos fatores que ocasionam o problema. Por conta de vários fatores, cresce a cada dia o número de pessoas que sofrem com problemas relacionados ao refluxo, azia, má digestão e gastrite. Basta fazer um pequeno lanche, e tem inicio o mal estar, o desconforto e a dor na área estomacal.

alimentostermogenicos

Mudanças de hábitos alimentares podem amenizar e até mesmo acabar de vez com o problema. Conheça as principais diferenças entre gastrite e refluxo, saiba quais os alimentos que podem ser consumidos,  e quais devem ser evitados.

Qual a diferença entre gastrite e refluxo

Refluxo é o retorno do alimento do estomago através do esôfago, e isso ocorre devido a uma falha no esfíncter esofágico. O alimento que ingerimos chega ao estomago através da faringe que é semelhante a um tubo muscular. A faringe é controlada basicamente por duas válvulas:  o esfíncter esofágico superior e esfíncter esofágico inferior. O primeiro controla a passagem do alimento até o esôfago e o segundo permite que o alimento chegue até o estômago. O refluxo acontece quando o esfíncter não fecha após a passagem do alimento para o estômago. Essa falha possibilita que o conteúdo estomacal retorne através da faringe. Essa doença pode surgir devido a um processo inflamatório e evoluir para um quadro mais grave que é a esofagite de refluxo.

pessoacomgastrite

A hérnia de hiato também é uma das causas que causa a doença do refluxo. Já a gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago, cujas causas podem estar relacionadas a vários fatores. Alguns dos motivadores da gastrite são os seguintes: má alimentação, alguns tipos de medicamentos, problemas de cunho emocional, estresse  físico ou psíquico. Existem dois tipos de gastrites, a aguda e a crônica. A gastrite aguda surge subitamente e a evolução é rápida. Na maioria dos casos esta associada ao uso de medicamentos, estados de ansiedade e estresse. A gastrite crônica apresenta sintomas, cujas causas são  difíceis de serem identificadas, entre elas a bactéria Helicobacter pylori ou mesmo a absorção da bile do fígado pelo intestino delgado.

Diferença entre gastrite e refluxo

Alimentos permitidos para quem tem gastrite e refluxo

Para aliviar os sintomas e cuidar do aparelho digestivo de forma geral é preciso  mudar alguns  hábitos, tanto em relação à alimentação quanto a forma de consumir os alimentos. O ideal é comer devagar e exercitar a boa mastigação. Comer pequenas porções de duas em duas horas, evitando longos períodos de jejum. Os alimentos permitidos para quem tem gastrite ou refluxo são os seguintes:

O Caldo de feijão e o  arroz desde que bem cozido. Banana-maçã, goiaba, mamão, melão, pera, morango, pêssego, ameixa, caju, maçã, acerola, e caqui. Farelo de trigo, gérmen de trigo, aveia e granola. Queijo branco e magro, requeijão light, ricota, presunto de peru, frango desfiado, e atum. Carnes magras na chapa, grelhada, assada ou cozida. Saladas com legumes, verduras e grãos. Pão francês sem miolo, ou uma  fatia de pão integral ou de centeio. Leite de soja, com ou sem sabor ou  leite desnatado. Sagu, gelatina, manjar, pudim, cremes, frutas secas. Salada de frutas, podendo acrescentar mel ou açúcar mascavo.

Mais sobre Alimentação para gastrite e refluxo

Segurando tigela

Gastrite e refluxo quais alimentos evitar

Os alimentos que devem ser evitados são os seguintes: Comidas gordurosas e frituras. Café, chá preto ou de hortelã. Chocolates e refrigerantes, bebidas alcoólicas principalmente as fermentadas. As frutas cítricas tais como o limão, morango, acerola, kiwi, abacaxi e laranja. As pimentas e  condimentos, entre eles: o molho inglês, massa de tomate, ketchup e  a mostarda. Alimentos  industrializados e os embutidos,  linguiça,  salsicha e bacon.

Hamburger e batata frita

Além da dieta alimentar é necessário mudar hábitos evitando o estresse e os estados de ansiedade. É aconselhável a prática de exercícios físicos moderados e de um tempo exclusivo para o lazer. Lembrando que é sempre bom passar por uma  avaliação médica antes de iniciar qualquer forma de dieta.

Confira o vídeo sobre dieta para quem tem refluxo:

Leia mais sobre alimentação



Mais informações por email.

Comentar sobre Alimentação para gastrite e refluxo

  1. Difacto uma boa dieta alimentar é bom e saudável.

    ROSA CORREIA NEVES GACA