5 dicas para evitar o desmame precoce do bebê

O desmame precoce pode levar ao desenvolvimento de problemas de saúde tanto para o bebê quanto para a mãe. Saiba como evitar.

Amamentação

Sabia que a amamentação é uma das fases mais importantes para a saúde do seu bebê? Isso mesmo, o leite materno é o alimento mais completo e também equilibrado, pois atende todas as necessidades nutricionais do bebê até os 6 meses de vida. Além disso, é responsável pela formação do sistema imunológico, prevenção de alergias, obesidade e até mesmo a intolerância ao glúten.

Mas, apesar de todos esses benefícios que o leite materno traz para o seu bebê, segundo uma pesquisa realizada em São Paulo, cerca de 86% desmamam antes mesmo de completar 4 meses de vida, o que acaba resultando em vários problemas de saúde.

Foi pensando nisso que o Mundo Mulheres separou algumas dicas de como as mamães podem evitar o desmame precoce do seu bebê!

Prepare-se para a amamentação

A amamentação é um desafio para as mulheres, por isso é preciso se preparar, ou seja, saber como funciona o manejo clínico, por exemplo, aprender a esvaziar as mamas, as melhores posições para colocar o bebê, o que fazer caso o bebê engasgue, como saber se irá mamar o suficiente entre outros.

Então durante a gravidez é importante procurar por cursos que são oferecidos pelo SUS (Sistema único de Saúde), além de aulas particulares ou online. Saiba que a amamentação não é apenas colocar o bebê no peito, existe toda uma técnica para deixar esse momento tão íntimo e mágico o mais prazeroso possível.

Amamentação1

Dor ao amamentar

Sem dúvidas a dor e as fissuras que são causadas nos seios durante o aleitamento é uma das causas para muitas mamães pararem de amamentar. Saiba que esses problemas podem ser resolvidos com uma boa orientação médica antes e durante a amamentação. Além disso, existem várias pomadas anestésicas que podem ser a solução para esse problema. Vale lembrar que qualquer tipo de medicamento só pode ser usado mediante o consentimento de um médico.

Amamentação2

Introdução dos alimentos sólidos

Outro fator para o desmame precoce do bebê sem dúvidas é a introdução de alimentos sólidos antes dos 6 meses de vida, pois faz com que perca o interesse no leite materno. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aleitamento materno deve ser exclusivo até os 6 meses, depois desse tempo o leite da mãe já não contém todos os nutrientes necessário para o desenvolvimento do bebê, por isso, é importante a introdução de outros alimentos para o complemento da dieta de seu filho.

Mais sobre 5 dicas para evitar o desmame precoce do bebê

Amamentação3

Leite materno fraco

Outra causa bem comum para o desmame precoce é muitas mães acharem que seu leite é fraco e não está sustentando o bebê. É importante saber que quanto menos as mães amamentarem, menor será a produção de leite o que consequentemente leva a introdução da mamadeira como complemento. Não existe leite materno fraco, todas as mulheres produzem leite com a mesma composição nutricional que é capaz de satisfazer todas as necessidades de um bebê até os 6 meses de vida.

Amamentação4

Não confunda o bebê

O uso de bicos de silicone e mamadeiras pode confundir o bebê, principalmente quando percebe que existe uma maneira mais fácil de receber alimento, assim perdendo o interesse por sugar o bico do peito. Então evite ao máximo o uso desses objetos e, caso não tenha outro jeito, peça orientação de seu médico.

Amamentação5

É importante ressaltar que a amamentação traz vários benefícios para a saúde do bebê e principalmente da mãe, então caso haja dificuldades não deixe de procurar a orientação de seu médico.

Saiba mais sobre amamentação



Mais informações por email.

Comentar sobre 5 dicas para evitar o desmame precoce do bebê

Destaque

Cuidados com o bebê na praia

Cuidados com o bebê na praia